Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Paralisação da PF é precipitada, diz Paulo Bernardo


Chico de Gois e Luiza Damé - Agência O Globo BRASÍLIA - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo avaliou nesta quarta-feira como precipitada a decisão da Polícia Federal de fazer uma paralisação. - Para falar a verdade, acho um pouco precipitado, porque, normalmente, inspirado numa situação como esta, há negociação, diálogo, mas eles estão exercendo o direito. Questionado se a PF é um dos serviços que não podem fazer greve, o ministro preferiu ser indireto. - Acho que nós temos de avançar na discussão de como tornar lei o processo de negociação com os servidores e, ao mesmo tempo, regulamentar o direito de greve. Isso tem de ser regulamentado e a lei vai decidir. Há um mês, Paulo Bernardo anunciou que o governo pretende encaminhar ao Congresso um projeto de lei disciplinando o direito de greve dos servidores públicos e chegou a defender, sem citar nomes, que alguns setores não poderiam paralisar suas atividades.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu