Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Página com propaganda irregular de remédios é retirada da internet


Agência O GloboBRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a retirada de uma página da internet com propaganda irregular de medicamentos. A página foi retirada nesta sexta-feira da rede mundial de computadores após notificação do provedor.De acordo com a Anvisa, a página atribuía propriedades terapêuticas a seis produtos fabricados pela empresa Remédio Natural da Amazônia, com sede em Manaus (AM). Dizia que eles seriam capazes de curar Aids e câncer."A qualidade, segurança e eficácia dos produtos não podem ser comprovadas, já que nenhum deles tem registro na Anvisa e a empresa não tem autorização para produzir medicamentos" afirma a nota divulgada pela Anvisa.Segundo a agência, os produtos eram oferecidos para venda ao consumidor por R$ 150 cada. A página dizia falsamente ainda que a empresa Remédio Natural da Amazônia Ltda é reconhecida "pelos órgãos competentes federais do Brasil".A prática de fabricação e comércio de medicamentos sem registro é considerada crime hediondo pelo artigo 273 do código penal, com pena de reclusão prevista entre 10 e 15 anos. Os responsáveis pela empresa, além de responder judicialmente, ficam sujeitos à multa (entre R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão), além da apreensão dos produtos.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di