Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Pacote habitacional pode beneficiar quem tem contrato em andamento


Danielle Abreu - Agência O GloboRIO - O pacote habitacional que está sendo costurado pelo governo federal, e que será anunciado nos próximos dias, poderá beneficiar também quem já tem contrato em andamento. Segundo o diretor de crédito imobiliário da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Natalino Gazonato, existe a opção de os mutuários renegociarem seus contratos e migrarem para as novas regras.O pacote prevê financiamento da casa própria com desconto em folha e empréstimo de parcelas fixas, com recursos da poupança e sem cobrança da Taxa Referencial (TR).- Tudo depende dos níveis de juros que vão ser praticados após o pacote. Para transformar um contrato com juros de 10% ao ano e TR em um número de parcelas fixas, por exemplo, será necessária uma renegociação. É bem provável que alguns bancos ofereçam isso. Ainda é cedo porque o pacote não saiu. Mas é possível - disse Natalino.Segundo o vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel Ribeiro de Oliveira, as novidades deverão ampliar o volume de crédito no setor habitacional e, conseqüentemente, provocar uma competição maior no sistema financeiro.Com isso, os custos serão puxados para baixo. Segundo ele, a cada um ponto percentual de redução na taxa de juros num financiamento de R$ 100 mil e prazo de 10 anos, por exemplo, há economia de cerca de R$ 5 mil no total do empréstimo.Na terça-feira, o ministro das Cidades, Marcio Fortes de Almeida, assinou a Portaria 440, possibilitando o acesso de integrantes das Forças Armadas ao Programa de Arrendamento Residencial (PAR), estabelecendo como teto de rendimento familiar para essa categoria o valor de R$ 2,8 mil. Esse benefício já contemplava policiais civis e militares.Os imóveis financiados pelo PAR devem estar localizados em regiões metropolitanas ou municípios com mais de cem mil habitantes, com custo entre R$ 26 mil e R$ 40 mil. A quantia paga mensalmente pelo arrendatário é de 0,7% do valor total do imóvel.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di