Sábado, 25 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Oposição promete obstrução total na Câmara


Isabel Braga - Agência O Globo BRASÍLIA - A oposição está decidida a obstruir as votações na Câmara até que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue o mandado de segurança que pretende garantir a instalação da CPI do Apagão Aéreo. Segundo o líder do PSDB, Antônio Carlos Pannunzio (SP), a oposição vai recorrer a todos os instrumentos previstos no regimento para impedir as votações. - Estamos obstruindo tanto nas comissões quanto no plenário até o STF decidir. Vamos usar de todas as prerrogativas regimentais para evitar que as matérias sejam votadas - disse. - Agora é obstrução total. Ela vai ocorrer até sair a posição do Supremo. Neste momento, nossa posição é não votar nenhum projeto. Se aparecer algum de interesse da sociedade, vamos analisar caso a caso. A sociedade há de entender que estamos lutando pelo direito da minoria - completou o líder da Minoria, Julio Redecker (PSDB-RS). O líder do PPS, deputado Fernando Coruja (SC), deu mais detalhes sobre a estratégia. Segundo ele, a obstrução atingirá os trabalhos da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), onde está o recurso do PT que pede a suspensão do início da CPI do Apagão Aéreo. - Usaremos todas as armas regimentais para obstruir os trabalhos, pois os aliados do governo tentam esmagar a atuação da minoria ao impedir o funcionamento da CPI - disse Coruja. Na próxima semana, segundo ele, a situação será reavaliada. O deputado Henrique Fontana (PT-RS), vice-líder do governo, afirmou que a estratégia dos oposicionistas é "um erro grave, um desrespeito à democracia e se choca com o interesse da população, que deseja a análise de matérias importantes". - A decisão de suspender o funcionamento da CPI foi tomada em Plenário pela maioria da Casa porque a CPI serviria apenas como palco de confronto político - disse Fontana. Segundo ele, o melhor foro para discutir a crise do setor aéreo seria uma comissão especial. A base aliada, de acordo com Fontana, decidiu em reunião nesta segunda-feira dar prioridade aos projetos de interesse da bancada feminina, à PEC do voto aberto e às medidas provisórias 335/06 e 346/07.

Gente de OpiniãoSábado, 25 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Sábado, 25 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)