Porto Velho (RO) terça-feira, 10 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

OPERAÇÃO TITANIC: Scopel e filho de governador continuam presos



Seis detidos durante a Operação Titanic tiveram a prisão preventiva revogada, no início da tarde desta quinta-feira (10), pelo juiz substituto da 1ª Vara Criminal Federal de Vitória, Pablo Coelho Charles Gomes. A decisão foi enviada por fax para a sede da Polícia Federal, em São Torquato, Vila Velha, para onde os detidos foram levados. Eles foram liberados no final da tarde desta quinta, mas só deixaram o local no início da noite.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Honazi de Paula Faria, que é um dos encarregados pela investigação, os seis que foram liberados têm, supostamente, uma atuação secundária dentro do esquema de importação fraudulenta de automóveis e há garantia de que eles estarão à disposição da Justiça.

“Em princípio, eles colaboraram com a investigação da polícia e a revogação das prisões faz-se muito por meio da análise do que os advogados apresentam para o juiz, no que diz respeito que essas pessoas não sairão do Estado, e estão à disposição da Justiça para eventuais informações complementares”, destacou.

Ganharam a liberdade Maurenice Gonzaga de Oliveira, Moacir Alves da Silva e Fabiano Fonseca Furtado Mendonça, que foram detidos no Espírito Santo na segunda-feira. Eduardo Sayegh, Jorge de Oliveira e Orozimbo Antônio de Freitas, presos em São Paulo e levados para a carceragem da PF em Vila Velha, também foram contemplados com a decisão.

Rostos cobertos

No momento em que deixavam a sede da Polícia Federal, a maioria cobriu a cabeça com toalhas. Apesar de terem sido liberados por volta das 18h, eles só começaram a deixar o prédio 45 minutos depois. Um dos liberados usava um casaco com gorro para esconder o rosto. Questionado se era inocente, o homem retrucou: “Você não está vendo que eu estou saindo? Quem está saindo não deve nada, né?”, disse.

O delegado informou ainda que não descarta a prisão de outras pessoas que possam ter envolvimento com o grupo e que, nesta sexta-feira (11), começam as acareações entre aqueles que continuam detidos. “Foi constatado que há divergência de versões apresentadas sobre o mesmo fato, por isso é necessário realizar essas acareações para se verificar quem está mentindo e quem está falando a verdade”, completa.

O pedido de liberdade foi impetrado pelos advogados de defesa dos acusados na Justiça Federal. A decisão do juiz foi baseada no parecer do Ministério Público Federal que entendeu que os mesmos, após colaborarem com as investigações da Operação Titanic, poderiam ter a liberdade concedida.

Foragido

Segundo o delegado, o empresário capixaba Antônio Cláudio Diniz de Oliveira dos Santos, conhecido como Baducho, continua foragido. Honazi afirma que as autoridades norte-americanas ainda não deram qualquer notícia sobre o paradeiro do empresário, que é, segundo o delegado, uma figura importante para a conclusão do inquérito.

“Ele é uma peça que, digamos, cometeu algo ilícito por intermédio de Adriano [Scopel]. E precisamos evidenciar melhor esse fato para que possa ser proposta a competente ação penal contra ele na Justiça Federal”, completa.

Filho e sobrinho do governador de RO continuam presos

Tramitam na 1ª Vara Criminal da Justiça Federal, em Vitória, outros pedidos de liberdade. Um deles é do empresário Pedro Scopel, considerado um dos articuladores da quadrilha presa sob suspeita de fraude em importação de veículos de luxo. Neste caso, o Ministério Público Federal já se manifestou contrário a revogação da prisão.

Outros quatro pedidos de revogação também estão sob vista do Ministério Público Federal. Os pedidos são dos presos Ivo Júnior Cassol e Alessandro Cassol, respectivamente filho e sobrinho do governador de Rondônia, Ivo Cassol.

Também aguardam apreciação do MPF os recursos impetrados pelo advogado de defesa de Alessandro Stockl. Há ainda o pedido de revogação de prisão do empresário Adriano Scopel sob análise da Justiça Federal.

Liberdade para gestante

Na quarta-feira (09), a Justiça Federal concedeu a liberdade para a contadora Aldeni Avelar Portela Silva, presa também desde a última segunda-feira (07), na carceragem da Polícia Federal, em Vila Velha.

De acordo com a decisão da 1ª Vara Criminal da Justiça Federal, a revogação da prisão foi concedida devido ao adiantado estado de gestação da detida, que está com oito meses de gravidez.

Saiba mais

Quem são os detidos na Operação Titanic que colaboraram com as investigações e tiveram a prisão revogada:

Nome do acusado
Particpação no esquema
Maurenice Gonzaga de Oliveira
Presa no Espírito Santo, é funcionária da
TAG Importadora
Moacir Alves da Silva
Preso no Espírito Santo
Fabiano Fonseca Furtado Mendonça
Preso no Espírito Santo
Eduardo Sayegh
Preso em São Paulo, dono da empresa canadense Global Business, que atuava na importação dos veículos de luxo
Jorge de Oliveira
Preso em São Paulo, era corretor de valores que fazia as remessas ilegais de dinheiro
para o exterior
Orozimbo Antonio de Freitas
Preso em São Paulo



Continuam presos na carceragem da Polícia Federal,
em Vila Velha:

Adriano Mariano Scopel - empresário
Aguilar de Jesus Bourguignon - funcionário da TAG
Rodolfo Bergo Legnaioli - funcionário da TAG
Fernando Silva do Couto - empregado da TAG
Pedro Scopel - empresário
Max Pimentel de Almeida Marçal - auditor da Receita
Alessandro Stockl - dono de oficina
Alberto Oliveira da Silva - auditor da Receita
Edcarlos Tiburcio
Ronaldo Benevídio dos Santos
Rogério Moreira
Alessandro Cassol Zabot - sobrinho do governador de RO
Mario Calixto Filho - ex-suplente de senador
Ivo Júnior Cassol - filho do governador de RO
Chales Henrique Porto Santo - fiscal da Anvisa

Procurado
  • Antônio Cláudio Diniz de Oliveira dos Santos, empresário capixaba, conhecido como Baducho

Fábio Botacin e Fernanda Zandonadi
Redação Gazeta Rádios e Internet

 

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p