Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

OPERAÇÃO TITANIC: fiscal da Anvisa é preso e foragido se entrega em Rondônia




DANIELLA ZANOTTI
dzanotti@redegazeta.com.br


Redação Gazeta Rádios e Internet
A Polícia Federal prendeu, no final da tarde desta quarta-feira (09), o fiscal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Charles Henrique Porto Santos, no município de Guarapari. A ação faz parte dos desdobramentos da Operação Titanic, deflagrada no Espírito Santo nesta segunda-feira (07).

Esta é a 13º prisão temporária decretada no Estado para integrantes da organização criminosa que seria chefiada pelo empresário capixaba Adriano Mariano Scopel, dono da TAG Importação e Exportação de Veículos Ltda. O fiscal da Anvisa também será encaminhado para a sede da Polícia Federal no Espírito Santo, em Vila Velha. Na carceragem já estão outras 12 pessoas detidas em território capixaba e mais seis presos em Rondônia e três de São Paulo.

Em depoimento, um dos integrantes da quadrilha informou que Charles Henrique Porto Santos receberia cerca de R$ 3 mil para liberar cada licença de importação. O fiscal atuava na liberação de suplementos alimentares, que na realidade seriam anabolizantes, e também de esteiras. Os artigos dependem do aval da Anvisa para entrar no país e que, enventualmente, eram importadas pela organização criminosa desbaratada na Operação Titanic.

De acordo com os primeiros interrogatórios feitos pela Polícia Federal no Estado com os presos da ação, o fiscal da Anvisa providenciava a legalização destas importações irregulares colocando-as em nome de outras empresas autorizadas a adquirirem no exterior estes chamados "suplementos alimentares".

Nas buscas e apreensões realizadas na segunda-feira junto com as outras 21 prisões efetuadas, os agentes federais de Vitória encontraram no apartamento de Pedro Scopel, pai de Adriano, uma caixa com ampolas da droga, provavelmente importadas sem a devida autorização.

A prisão de Charles já tinha sido pedida anteriormente pela PF e pelo Ministério Público (MP), mas havia sido negada pelo juiz-substituto da 1ª Vara Federal Criminal de Vitória, Pablo Coelho Charles Gomes. Ele entendeu que eram fracos os indícios contra o fiscal da Anvisa.

Na Operação Titanic foram cumpridos 22 dos 23 mandados de prisão expedidos pela Justiça Federal na segunda-feira. Os envolvidos são acusados de participarem de um esquema de importação de veículos de luxo subfaturados, pela TAG. Entre os presos estão três auditores da Receita Federal - dois de Vitória e um de Porto Velho. Além deste fiscal da Anvisa, há mais auditores da Receita sob investigação.

Mais uma prisão em Rondônia

Em Rondônia, mais uma prisão foi efetuada nesta quarta-feira (09). Reginaldo Aparecido dos Santos, cujo mandado de prisão não foi cumprido na segunda-feira, se entregou à Polícia Federal naquele Estado. De acordo com a a corporação no Espírito Santo, não está confirmado o transporte dele para a sede de Vila Velha, assim como aconteceu com os outros detidos.

Capixaba ainda está foragido

O empresário capixaba Antônio Cláudio Diniz de Oliveira dos Santos, mais conhecido como Baducho, que também teve a prisão preventiva decretada, ainda está foragido. A Polícia Federal já pediu a ajuda do FBI para localizar o capixaba nos Estados Unidos. Baducho é sobrinho do presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Antônio Oliveira Santos.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç