Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

OEA condena Brasil a pagar por tortura e morte em manicômio no Ceará


Agência O GloboSÃO PAULO - A Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) condenou o Brasil por abuso de direitos humanos. As informações são do jornal "O Globo" deste sábado. De acordo com a reportagem, o Brasil será obrigado a indenizar a família de Damião Ximenes, paciente psiquiátrico que morreu sob tortura numa clínica associada ao Sistema Único de Saúde (SUS), no município cearense de Sobral, em 1999. Foi a primeira condenação do país pela OEA.A condenação, unânime, aconteceu na noite desta quinta-feira, na Costa Rica, onde a corte da OEA se reuniu. O governo brasileiro terá de pagar indenização de US$ 146.500 (R$ 314.400) aos parentes de Damião e publicar a sentença da Corte no Diário Oficial da União. Para a publicação, foi dado o prazo de seis meses e, para o pagamento da indenização, um ano, mas de acordo com o secretário nacional de Direitos Humanos, Paulo Vanucci, ouvido pelo " O Globo", o governo brasileiro deve cumprir as determinações em menos tempo.Damião, que tinha 30 anos quando morreu, estava há apenas três dias na Casa de Repouso Guararapes com o diagnóstico de esquizofrenia. Depois de outras internações, relatou à família que era maltratado. A mãe e os irmãos não acreditaram em tal crueldade e acharam que era delírio. Acreditaram na versão dos médicos, de que o jovem havia tentado fugir e fora contido. Depois da morte de Damião e de relatos de tortura de pacientes, a clínica particular conveniada ao SUS foi fechada.

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni