Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

OAB discute 'decomposição moral da República'


Agência O GloboBRASÍLIA - A linha de frente da advocacia brasileira reúne-se nesta quinta e sexta-feiras, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio de Janeiro. Segundo o presidente nacional da OAB, Roberto Busato, que convocou a reunião, a pauta do encontro é "a decomposição moral da República brasileira". Busato, que já está no Rio, convocou os 27 presidentes de seccionais da OAB para uma tomada de posição diante do que considera um "aprofundamento da degradação ética da política brasileira", com a tentativa de compra de um dossiê contra tucanos.O comando da advocacia brasileira também vai se posicionar sobre a descoberta de grampo telefônicos em gabinetes de dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello e Cezar Peluso, e de um ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marcelo Ribeiro. Busato promete fazer um pronunciamento duro sobre a crise política na abertura da reunião.

Mais Sobre Política - Nacional

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

"Você vê uma criança bonitinha, de 12 anos de idade, entrando em uma escola pública, não sabe o que ela vai fazer depois da escola. É muito complicado

Fachin precisou de 45 minutos para anular julgamento de Lula

Fachin precisou de 45 minutos para anular julgamento de Lula

O intervalo de tempo entre a publicação da decisão do TRF-4, de Porto Alegre, e do ministro Edson Fachin, do STF, que arquivou na noite desta sexta 22

Marco Aurélio diz que prisão de Lula é ilegal

Marco Aurélio diz que prisão de Lula é ilegal

Um dos ministros mais experientes do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso il

TRF-4 homologa delação premiada de Palocci à PF

TRF-4 homologa delação premiada de Palocci à PF

Desembargador Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, de Porto Alegre, validou nesta sexta-feira a delação premiada do ex-ministro An