Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

'O Globo': turmas extras de novos controladores de vôos são insuficientes


Ronaldo D'Ercole - Agência O GloboSÃO PAULO - Mesmo com a criação de duas turmas extras para a formação de novos controladores de vôos, a Aeronáutica não conseguirá formar este ano profissionais suficientes para suprir as necessidades desse serviço no país. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), serão formados este ano 363 novos controladores, que irão se juntar aos 2.622 (2.132 militares e 490 civis) que já estão na ativa.Segundo especialistas em segurança de vôos, para que os controladores brasileiros passem a ter uma carga de trabalho compatível com os padrões internacionais - que estabelecem ainda um número específico de profissionais que ficam de reserva nas torres de controle e outros de sobreaviso -, seria preciso a integração imediata ao serviço de pelo menos 600 novos técnicos.- O incremento da frota que trafega no espaço aéreo brasileiro cresceu cerca de 32% nos últimos três anos e os controladores civis conseguem trabalhar dentro das normas legais, mas os militares, que são a maioria, não - diz o diretor de Segurança de Vôo do Sindicato dos Aeronautas, comandante Carlos Camacho.O descompasso entre a expansão do fluxo de aeronaves e o ritmo de formação de controladores, afirma, deveu-se ao número de concessões dadas às companhias.- Houve um volume equivocado de concessões, que aumentou em quase uma centena o número de aeronaves que operam no país - diz.Uma alternativa, até que o sistema de controle seja equacionado, sugere Camacho, seria a redistribuição do tráfego aéreo no país. Isso implicaria a mudança de horários e destinos de parte da malha aeroviária, de modo a reduzir concentração excessiva de vôos em determinados aeroportos e horários de pico.

Mais Sobre Política - Nacional

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...