Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

O Globo: quase mil servidores demitidos por irregularidades


Agência O GloboRIO - Quase mil funcionários públicos federais foram flagrados em irregularidades e demitidos por ação da Controladoria Geral da União (CGU) nos últimos quatro anos, informa nesta quinta-feira reportagem publicada no jornal O Globo. Um relatório interno da CGU ao qual O Globo teve acesso, solicitado pela ministra Dilma Rousseff, foram exonerados 973 funcionários de carreira e 76 ocupantes de cargos comissionados. O órgão informou ainda que 76 servidores tiveram suas aposentadorias cassadas após a conclusão de investigações.Há pelo menos 50 dirigentes de alto escalão demitidos por justa causa. As causas são atos de improbidade administrativa, como dispensas de licitações, prorrogação ou revisões ilegais de contratos.Contudo, ainda de acordo com o documento, apesar de denunciados à Justiça comum, poucos foram punidos. O controlador-geral, Jorge Hage, considera o fechamento de alguns "ralos de corrupção" irreversível, e que o saldo de sua gestão é bastante positivo.Novas demissões são esperadas, porque dezenas de investigações ainda estão em andamento.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul