Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Número de ONGs cresceu 1.180% em 4 anos


Agência O GloboBRASÍLIA - Em meio a denúncias de irregularidades em repasses do governo federal para organizações não-governamentais, que podem levar à criação de uma CPI no Senado, um estudo divulgado nesta quarta-feira pelo site Contas Abertas revela um crescimento estratosférico do número de ONGs nos últimos quatro anos. Desde 2002, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu o governo, o número de entidades sem fins lucrativos cresceu 1.180%. De acordo com o levantamento, elas receberam R$ 14 bilhões entre 2001 e 2006, em valores atualizados.Auditorias do Tribunal de Contas da União (TCU) descobriu irregularidades administrativas em 15 das 28 ONGs analisadas entre 1999 e 2005. Na avaliação do TCU, elas não tinham qualificação técnica, condições administrativas e operacionais, pessoal qualificado, experiência para receber os recursos, apresentavam metas vagas e prestações de contas confusas. Além disso, algumas foram criadas apenas três meses antes da realização do contrato com o governo.De acordo com o estudo do Contas Abertas, o terceiro setor começou a crescer exponencialmente na década de 90, quando o Estado começou a passar algumas de suas funções à iniciativa privada. Desde então, o número de ONGs cresceu de 22 mil, em 2002, para cerca de 260 mil. O Contas Abertas fez o estudo com base no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) no período de 2001 a 2006.Até o dia 21 de novembro deste ano, 4.536 entidades foram beneficiadas pela administração federal direta. Foi a maior quantidade de instituições privilegiadas durante esse período, embora o ano ainda esteja em curso, segundo o estudo. Para o ano que vem, o Orçamento prevê o repasse de R$ 2 milhões para essas instituições, mas o levantamento lembra que esse valor deverá ser acrescido pelas emendas de deputados e senadores.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que