Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Novas intervenções nas companhias aéreas podem ser adotadas nesta terça


Henrique Gomes Batista - Agência O GloboBRASÍLIA - O plano de emergência que o governo adotou na semana passada para evitar o caos aéreo deve ser bem avaliado nesta terça-feira na reunião da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e novas intervenções nas companhias podem ser adotadas. Nesta segunda-feira, nos 12 maiores aeroportos do país, apenas 2% dos vôos programados atrasaram. A agência ainda espera uma semana de calmaria, que pode ser afetada apenas por problemas climáticos.Segundo o balanço oficial da Anac, dos 490 vôos previstos, apenas dez sofreram atrasos superiores a uma hora. Não foi registrado atraso nos aeroportos Tom Jobim e Santos Dumont, no Rio, e de Belém, Porto Alegre, Curitiba, Manaus e Salvador. O maior índice de atrasos foi no aeroporto de Recife, onde dois dos 21 vôos atrasaram, ou seja, 9,5% do total.No auge das crises de Natal, Finados, Proclamação da República, e quando houve uma pane no sistema de comunicação das torres de controle no dia 3 de dezembro, os atrasos ultrapassavam 40% do total de vôos. A Anac também informou que 21 vôos foram cancelados. Segundo o órgão regulador, estes cancelamentos foram notificados previamente pelas companhias aéreas e não foram vendidas para estas decolagens.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul