Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mudança do fuso horário acreano não trouxe benefício algum



Deputado do PT diz que Acre não teve avanços ao mudar horário

Valdelice Bonifácio - Midiamax News, Mato Grosso

Um levantamento feito pelo deputado estadual Paulo Duarte (PT) que participa do Comitê Estadual pela Manutenção do Horário de Mato Grosso do Sul aponta que a alteração não resultou em qualquer avanço para a economia do Acre que fez a mudança no ano passado. "Pelo contrário, os estudos que eu fiz mostram que eles tiveram a 2ª pior geração de empregos do País e que a receita própria do Estado cresceu apenas 13% contra 20% de MS", comenta.

Os dados foram repassados pelos deputados agora há pouco na Assembléia Legislativa durante lançamento de cartilha que esclarece as conseqüências da mudança de horário para a saúde da população. O conteúdo também informa os motivos pelos quais o horário do Estado é diferente do de Brasília elencando as questões geográficas.

Duarte que é economista por formação afirma não ter encontrado qualquer indicativo de que a alteração de horário propicie fomento econômico. Ele cita que nos Estados Unidos há seis fusos horários e que tal situação não é motivo de queixa do empresariado.

O Comitê foi criado para se contrapor à iniciativa do senador Delcídio do Amaral (PT) que apresentou projeto de lei sugerindo que igualar os horários de Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso ao de Brasília.

Outro senador de MS Valter Pereira (PMDB) apresentou proposta sugerindo a realização de plebiscito para se conhecer a vontade popular. Delcídio não concorda. Ele argumenta que alteração de horário é atribuição do Congresso não cabendo, portanto, consulta popular.

A cartilha será distribuída gratuitamente e estará disponível em entidades de classe e consultórios médicos de Campo Grande. Posteriormente, o material será encaminhado também para o interior do Estado.

Paulo Duarte acrescenta que vai preparar novo documento com a assinatura dos deputados estaduais para encaminhar ao Congresso. A iniciativa já foi tomada no ano passado, porém com a mudança no comando da Câmara e Senado, o deputado avalia que será necessário enviar novamente.

 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç