Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Movimentos sociais lançam manifesto a favor de Lula e contra 'ataques golpistas'


Agência O GloboBRASÍLIA - Um manifesto assinado por 70 entidades, que representam os movimentos sociais do país, foi divulgado nesta quinta-feira em defesa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Entre as entidades que assinam o documento estão a Central Única dos Trabalhadores, a Força Sindical, a União Nacional dos Estudantes e a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). Elas afirmam que há um movimento para "melar" as eleições."O PSDB, PFL e seu candidato Geraldo Alckmin buscam no tapetão, contando com seus tentáculos nos meios de comunicação, reverter a goleada do povo", diz a nota.Os representantes dos movimentos sociais afirmam ainda que "exigem imparcialidade da Justiça Eleitoral e vêm a público alertar a população sobre esta tentativa de melar a eleição, desrespeitando a vontade popular".Confira a íntegra da nota:"Os mesmos que desgovernaram o país, entregaram nossas riquezas ao estrangeiro, privatizaram a Vale do Rio Doce, desempregaram e arrocharam salários, cortaram direitos, e fizeram o Brasil andar para trás, ameaçam o povo brasileiro com o uso da mais desavergonhada parcialidade e manipulação para tentar melar a eleição.Sem conseguirem derrotar o presidente Lula no campo da democracia, PSDB, PFL e seu candidato Geraldo Alckmin buscam no tapetão, contando com seus tentáculos nos meios de comunicação, reverter a goleada do povo. Sem darem resposta ao conteúdo das denúncias que incriminam o ex-ministro da Saúde José Serra, com a máfia das sanguessugas, tentam tapar o sol com a peneira, usando métodos nazistas, para quem uma mentira repetida mil vezes se tornava verdade.Felizmente, a sabedoria popular separa o joio do trigo e tem reafirmado sua confiança na honestidade e no compromisso de Lula com a construção de um novo Brasil.Diante da intensidade dos ataques golpistas, da onda de mentiras e baixarias patrocinadas pelo que há de mais reacionário e apodrecido no país, os militantes dos movimentos sociais exigem imparcialidade da justiça eleitoral e vêm a público alertar a população sobre esta tentativa de melar a eleição, desrespeitando a vontade popular. Querem impedir a vitória que se construiu por meio de um governo com profundas raízes nas camadas populares, que começou a mudança e que vai aprofundá-las em um segundo mandato.A nossa resposta é tomar as ruas e ampliar ainda mais a mobilização e unidade, afirmando com uma só voz: 'Com a força do povo, é Lula de novo!'."

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que