Porto Velho (RO) domingo, 24 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Movimento de domingo nos aeroportos de todo o país foi de poucos atrasos


Henrique Gomes Batista, Isabel Braga, Bruno Rosa e - Agência O Globo BRASÍLIA e RIO - O movimento nos principais aeroportos do país foi tranqüilo este domingo, considerando-se a semana passada, quando a aviação civil brasileira viveu um de seu piores momentos. De acordo com o balanço da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), apenas 16% dos vôos no domingo pela manhã sofreram atrasos significativos (de mais de uma hora). Na terça-feira, auge da crise - agravada pela pane em um equipamento de comunicação das torres de controle de tráfego com as aeronaves - praticamente todos os vôos atrasaram ou foram cancelados, com o fechamento dos principais aeroportos do país.No Rio, dos 48 vôos programados para o Aeroporto Antônio Carlos Jobim, o Galeão, três tiveram atrasos superiores a uma hora no período da manhã. E o medo de perder a volta para casa criou situações curiosas no aeroporto.Apesar da repentina normalidade, a semana promete ser agitada para o setor aéreo. Além do riscos de novos problemas - os militares temem nova operação-padrão dos controladores no dia 22 de dezembro e há falta de técnicos e de manutenção para alguns equipamentos -a agenda política do setor deve esquentar o debate sobre a crise da aviação, que já dura mais de 70 dias.Na terça-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) apresentará um relatório sobre as investigações que faz do setor aéreo. A previsão é que o ministro Augusto Nardes, responsável pelo caso, indique graves falhas de gestão, comando e falta de investimentos e transparência nos órgãos civis e militares do setor.No Congresso, o assunto deverá ser um dos principais da semana. Nesta segunda-feira, deputados e senadores se reúnem nas respectivas comissões extraordinárias criadas na semana passada para avaliar a situação. A agenda de atividades das duas comissões - a da Câmara e a do Senado - devem promover suas primeiras atividades nos próximos dias. As discussões devem aumentar na quarta-feira, quando deverá ocorrer a audiência pública sobre segurança de vôo e tráfego aéreo na reunião conjunta das comissões de Defesa do Consumidor e de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados.Além disso, a base governista tentará votar a medida provisória (MP), publicada às pressas durante a primeira crise dos aeroportos - causada pela operação padrão dos controladores de vôos - para permitir a contratação emergencial de profissionais aposentados. Embora o texto permitisse que 60 novos trabalhadores atuassem no controle de tráfego até o dia 31 de dezembro de 2007, apenas 36 foram contratados até agora.

Mais Sobre Política - Nacional

Oscar Maroni elogia Sérgio Moro e diz estar otimista com o novo governo

Oscar Maroni elogia Sérgio Moro e diz estar otimista com o novo governo

O empresário Oscar Maroni, fala sobre politica, economia e empreendedorismo e se diz esperançoso sobre o futuro do país Oscar Maroni, empresário nos s

Igreja Católica reage à ofensiva do governo: Evaristo Pascoal Spengler. "Só vimos na ditadura"

Igreja Católica reage à ofensiva do governo: Evaristo Pascoal Spengler. "Só vimos na ditadura"

A Igreja Católica começa a reagir à ação de espionagem do governo Bolsonaro contra o Sínodo da Amazônia que terá como ponto culminante um encontro no

Senador Marcos Rogério diz que PEC sobre aborto deve ser debatida na CCJ

Senador Marcos Rogério diz que PEC sobre aborto deve ser debatida na CCJ

O senador Marcos Rogério (RO) disse que a proposta de emenda à Constituição (PEC 29/2015) que altera o artigo 5º da Constituição para determinar a “in

Ciro Gomes é vaiado e responde: “O LULA TÁ PRESO, BABACA”

Ciro Gomes é vaiado e responde: “O LULA TÁ PRESO, BABACA”

Ciro Gomes repetiu o que fez seu irmão Cid no segundo turno das eleições e chamou um militante do PT de "babaca", nesta quinta-feira (7), durante a Bi