Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Ministra faz história no STF usando calças compridas


Agência O GloboBRASÍLIA - A ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, integrante do Supremo Tribunal Federal (STF) desde o ano passado, entrou para a história da corte como a primeira ministra a participar de uma sessão plenária usando calça comprida. Nesta quinta-feira, ela surpreendeu os colegas ao aparecer no plenário com uma calça preta, um blazer preto e uma blusa da mesma cor, com detalhes em renda. Um colar de pérolas complementava o figurino.O uso de calça comprida no plenário foi liberado para as mulheres há apenas sete anos. A presidente do tribunal, ministra Ellen Gracie Northfleet, foi nomeada para a corte em 2000, mas nunca entrou de calça comprida no plenário. Ellen Gracie e Cármen Lúcia são as únicas mulheres do STF, que também conta com outros nove ministros.Até maio de 2000, mulheres de calça comprida eram barradas na entrada do STF. Naquele ano, os ministros decidiram baixar uma norma administrativa liberando o uso do traje no plenário, desde que acompanhado de blazer. Pouco antes de tomar posse, Ellen Gracie já anunciava que não seria ela a quebrar a tradição no plenário:- Ainda me apego a códigos 'démodés' - declarou, na época.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di