Porto Velho (RO) domingo, 18 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Metalúrgicos da Volks aprovam Plano de Demissão Voluntáriav


Agência O GloboA montadora propôs, entre outras medidas, um Plano de Demissão Voluntária (PDV) em 11 etapas e mantém a meta de cortar 3.600 vagas até o fim de 2008.Segundo Carlos Alberto Grana, presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos, a aprovação se deu por 80% dos funcionários presentes. Como os trabalhadores precisam erguer os dois braços para votar, a imagem era de um placar mais apertado.Após a votação, os sindicalistas foram cercados por grupos de oposição, que alegavam fraude. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, José Lopez Feijó, saiu do pátio da montadora escoltado por companheiros, e deve conceder uma entrevista à imprensa ainda nesta quinta-feira.Para os que aderirem nessa primeira etapa, a Volks pagará 1,4 salário por ano trabalhado na empresa. A bonificação cai para um salário por ano de casa para quem aderir até 31 de janeiro, e para 0,6 salário, para adesões até fevereiro do ano que vem.Os 499 trabalhadores que estão no Centro de Formação e Estudo, uma unidade de recapacitação para o mercado, poderão aderir ao programa, com bonificações menores. Mas os que não aderirem voltam para a produção, conforme os termos negociados.Na semana passada, os funcionários da Volks em São Bernardo do Campo acabaram com a greve iniciada quando a companhia enviou 1,8 mil cartas de demissão entregues, no dia 29 de agosto. Com o acordo selado as cartas devem ser canceladas.A Volks já chegou até a aameaçar com o fechamento da unidade de São Bernardo, se não chegasse a um acordo com os trabalhadores.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele