Porto Velho (RO) sábado, 19 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Menino é resgatado após 29 dias perdido na selva no Pará


Jorge Herberth, Agência O GloboBELÉM - Depois de passar 29 dias perdido na floresta na Ilha do Marajó, no Pará, Elielson Gastor Souza, de 11 anos, foi resgatado nesta quinta-feira. Ele disse ter passado todo o tempo sem se alimentar, sobrevivendo apenas com a água que bebia em um igarapé.O menino contou que dormia no chão, numa cama feita com folhas de árvores, principalmente de palmeiras, e passava manhãs e tardes caminhando em busca de sua casa ou de um lugar seguro, até se cansar e dormir. Desde o primeiro dia na mata, ele procurava sua família: - Só pensava em achar minha casa e meus pais.Elielson conseguiu encontrar na quarta-feira um vaqueiro de uma fazenda próxima ao lugar em que se perdeu, no dia 28 de novembro. Ele foi levado para a casa do vaqueiro e alimentado com caldo de coroca, uma ave da região. Depois, foi levado para o Hospital de Chaves (PA) e, ontem pela manhã, foi transferido de helicóptero para Belém.O menino fez exames, foi medicado e só à noite fez a primeira refeição. Depois, sentiu-se um pouco cansado e pediu para jogar videogame no hospital.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul