Porto Velho (RO) sábado, 19 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mello diz que proposta de congelamento de salário do STF é retaliação do Legislativo


Catarina Alencastro - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello confirmou, nesta segunda-feira, a declaração que fez mais cedo em São Paulo em resposta ao projeto de congelar os salários dos ministros do STF até que se chegue a um consenso sobre o limite do salário do funcionalismo público federal. A hipótese, que segundo Mello causaria um "faroeste" entre o Legislativo e o Judiciário, foi levantada durante a campanha da Câmara e repetida pelo presidente eleito da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP).Mello se dispôs a trocar de lugar com os deputados, afirmando que os parlamentares, somados os benefícios que recebem, ganham muito mais do que os magistrados.- Estou disposto a partir para o desafio de trocar de posição com o Legislativo. O parlamentar tem inúmeras vantagens que nós não temos. Eles têm penduricalhos infindáveis. Imaginar o congelamento dos salários do Judiciário não se coaduna com o Estado de democrático de direito - disse.Segundo Mello, os parlamentares querem congelar os salários do STF em retaliação ao fato de a instituição ter vetado, no ano passado, a equiparação do salário dos congressistas aos dos ministros do STF.- É retaliação. Nós buscamos o funcionamento das instituições. Quando os deputados cogitam o congelamento dos salários do Supremo, esquecem que os poderes se respeitam mutuamente. É evidenciar um verdadeiro faroeste - afirmou Mello, defendendo o salário dos ministros, que são os funcionários públicos que recebem os maiores vencimentos: R$ 24.500 por mês.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul