Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marinho diz que 'penduricalhos' devem sair da folha de pagamento


Eliane Oliveira - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse nesta quinta-feira que já existe consenso dentro do governo de que é preciso desonerar a folha de pagamento, tirando custos que não incidem diretamente sobre a remuneração do trabalhador. Ele citou a contribuição ao INSS, o Sistema S (entidades que oferecem serviços sociais e de formação profissional, como Senai, Sesi, Sesc e Senac), salário-educação e seguro de acidente de trabalho. Segundo ele, as alíquotas passariam a incidir sobre o faturamento das empresas.- Existem vários penduricalhos que estão colocados na folha de pagamento que não fazem parte da remuneração direta do trabalhador e isso poderia ser repassado para o valor agregado - afirmou Marinho.Ele destacou que a proposta ainda está em processo de formulação e admitiu que existem pressões contrárias. Isso porque a transferência da cobrança da folha de pagamento para o faturamento ou a receita das empresas beneficiaria firmas que contratam muita mão-de-obra. Em contrapartida, empresas com maior valor agregado e tecnologia, que não têm amplo quadro de pessoal, teriam os custos aumentados.- Toda mudança causa resistência, uma parte gosta e outra parte não gosta. Mas é preciso pensar o que é melhor para o conjunto da sociedade brasileria. Eu penso que isso seria melhor para a sociedade brasileira. Defendo historicamente essa posição - disse o ministro do Trabalho.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul