Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mais dinheiro para habitação popular


Cássia Almeida - Agência O GloboRIO - O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou nesta terça-feira um orçamento de R$ 11,2 bilhões (R$ 10 bilhões correntes, mais R$ 1,2 bilhão para subsídio) a serem aplicados em habitação popular, saneamento básico e infra-estrutura urbana.Metade do valor global destinado à habitação, que supera em R$ 1 bilhão o orçamento deste ano, deve ser aplicado na construção de imóveis novos. Por sua vez, 30% do subsídio de R$ 1,2 bilhão devem ser aplicados, necessariamente, em regiões metropolitanas, visando reduzir o déficit habitacional nessas áreas.Somente em habitação popular serão aplicados R$ 6,4 bilhões, contra os R$ 5,4 bilhões deste ano. O setor de saneamento básico terá R$ 2,7 bilhões e infra-estrutura urbana outros R$ 450 milhões.

Mais Sobre Política - Nacional

 Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Cerca de 3 mil aposentados e pensionistas, além de 800 servidores que passaram em concurso antes da mudança de território em Rondônia serão inclusos n

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

 TV 247- O programa Boa Noite 247 desta quarta-feira (20) destacou a absolvição da presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, e a política de imigr

Tarifa de ônibus sobe para R$ 3,95 na cidade do Rio

A tarifa de ônibus urbano da cidade do Rio de Janeiro subiu hoje (21) de R$ 3,60 para R$ 3,95. O aumento foi autorizado na terça-feira (19) pela dese

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Medida provisória prevê retirar recursos das loterias federais para o FNSP (Fundo Nacional da Segurança Pública); quem amargará o prejuízo será o Fies