Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mais de 700 mil contribuintes ficaram na malha fina do IR


Luiz Cláudio de Castro - Agência O GloboBRASÍLIA - A Receita Federal informou nesta quinta-feira que 746.035 declarações de Imposto de Renda caíram na malha fina este ano, contra 900 mil em 2005. Segundo o supervisor nacional do IR, Joaquim Adir, do total dos contribuintes presos à malha, 370.728 ficaram retidos por omissão de rendimentos recebidos de pessoas jurídicas.A partir de 8h desta sexta-feira, a Receita libera a consulta ao sétimo e último lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2006, ano-base 2005. Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte pode acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o telefone 0300-789-0300.Nesse lote foram processadas 2.203.363 declarações, das quais 1.911.983 com direito a restituição, no total de R$ 1.846.397.728,96. Outras 137.591 declarações tiveram saldo de imposto a pagar, somando R$ 105.209.564,55. Outros 153.789 contribuintes tiveram saldo zero de imposto, ou seja, não têm nada a pagar nem a receber.O valor a ser restituído nesse lote terá correção total de 9,06%, sendo 8,09% referentes à taxa básica Selic acumulada de maio a novembro e 1% de dezembro. O saque poderá ser feito a partir do dia 15 deste mês no banco informado pelo contribuinte na declaração do IRPF.Quem não informou o número da conta pode ir a uma agência do Banco do Brasil ou ligar para 4004-0001 nas capitais ou 0800-729-0001 nas demais cidades e pedir a transferência dos recursos para qualquer banco de que seja correntista. Não haverá cobrança de taxa pelo serviço. A restituição ficará disponível no banco pelo por um ano. Depois, o contribuinte só poderá requerê-la por meio de formulário eletrônico, disponível na internet.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que