Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Maioria dos envolvidos com sanguessugas não se reelege, mas mensaleiros são perdoados


Agência O GloboBRASÍLIA - Os eleitores não perdoaram os parlamentares envolvidos no escândalo dos sanguessugas. Dos 64 deputados e senadores que respondem a inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) e foram candidatos, 56 deles (92,1%) foram derrotados nas urnas. A grande maioria passou longe do número necessário de votos para garantir o retorno e,de quebra, perderam o foro privilegiado para responder a prováveis processos judiciaisApenas oito citados no caso conseguiram se eleger. Cinco deles, no entanto, começam o novo mandato já respondendo a processos de cassação.Os eleitores do Rio e de São Paulo impuseram derrotas acachapantes aos sanguessugas. Todos os dez candidatos fluminenses e os nove paulistas envolvidos no escândalo não conseguiram se reeleger.Ao contrário dos sanguessugas, que foram rejeitados pelo eleitor, a maioria dos deputados acusados de envolvimento com o mensalão teve bom desempenho nas urnas e conseguiu se reeleger com folga. Dos 12 parlamentares acusados de receber dinheiro do valerioduto e disputaram a eleição, sete conseguiram assegurar uma vaga na Câmara dos Deputados.

Mais Sobre Política - Nacional

Amigos de balada da faculdade são empregados por assessor de Bruno Covas

Amigos de balada da faculdade são empregados por assessor de Bruno Covas

 247 – Secretário-executivo de Bruno Covas, Gustavo Garcia Pires empregou um amigo de ‘balada’ e cinco colegas de turma de faculdade na prefeitura de

Bancos terão expediente hoje na parte da tarde

Bancos terão expediente hoje na parte da tarde

Horário foi alterado por causa do jogo da seleção às 9h

Cristiane Lopes vota favorável a auxílio fardamento para servidores do SAMU

Cristiane Lopes vota favorável a auxílio fardamento para servidores do SAMU

Para Cristiane Lopes, é muito gratificante fazer parte dessa conquista dos servidores do SAMU

 Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Cerca de 3 mil aposentados e pensionistas, além de 800 servidores que passaram em concurso antes da mudança de território em Rondônia serão inclusos n