Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Maioria dos envolvidos com sanguessugas não se reelege, mas mensaleiros são perdoados


Agência O Globo BRASÍLIA - Os eleitores não perdoaram os parlamentares envolvidos no escândalo dos sanguessugas. Dos 64 deputados e senadores que respondem a inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) e foram candidatos, 56 deles (92,1%) foram derrotados nas urnas. A grande maioria passou longe do número necessário de votos para garantir o retorno e,de quebra, perderam o foro privilegiado para responder a prováveis processos judiciais Apenas oito citados no caso conseguiram se eleger. Cinco deles, no entanto, começam o novo mandato já respondendo a processos de cassação. Os eleitores do Rio e de São Paulo impuseram derrotas acachapantes aos sanguessugas. Todos os dez candidatos fluminenses e os nove paulistas envolvidos no escândalo não conseguiram se reeleger. Ao contrário dos sanguessugas, que foram rejeitados pelo eleitor, a maioria dos deputados acusados de envolvimento com o mensalão teve bom desempenho nas urnas e conseguiu se reeleger com folga. Dos 12 parlamentares acusados de receber dinheiro do valerioduto e disputaram a eleição, sete conseguiram assegurar uma vaga na Câmara dos Deputados.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)