Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Magistrados lançam campanha contra voto nulo


Agência O GloboBRASÍLIA - A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) lançou em todo o país, a campanha "Não anule seu protesto. Não anule seu voto". A idéia é estimular o eleitor a fazer da escolha do melhor candidato a forma mais eficaz de protesto aos políticos envolvidos nos recentes escândalos de corrupção.- A sociedade está indignada com o que tem visto, mas votar em branco ou nulo é a pior forma de protesto. Acreditamos que a melhor resposta aos recentes escândalos é a escolha consciente do melhor candidato, o que, de fato, pode mudar o cenário - disse Rodrigo Collaço, presidente da AMB.Segundo as últimas pesquisas do Instituto Datafolha, a expectativa é que o número de votos nulos nas eleições chegue a 6 por cento para presidente, 18 por cento para deputado federal e 16 por cento para deputado estadual. Na eleição de 2002, anularam o voto para presidente 7,4 por cento dos eleitores. Para deputado federal e estadual o índice foi de 2,9 por cento para cada.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO