Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Magistrados lançam campanha contra voto nulo


Agência O GloboBRASÍLIA - A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) lançou em todo o país, a campanha "Não anule seu protesto. Não anule seu voto". A idéia é estimular o eleitor a fazer da escolha do melhor candidato a forma mais eficaz de protesto aos políticos envolvidos nos recentes escândalos de corrupção.- A sociedade está indignada com o que tem visto, mas votar em branco ou nulo é a pior forma de protesto. Acreditamos que a melhor resposta aos recentes escândalos é a escolha consciente do melhor candidato, o que, de fato, pode mudar o cenário - disse Rodrigo Collaço, presidente da AMB.Segundo as últimas pesquisas do Instituto Datafolha, a expectativa é que o número de votos nulos nas eleições chegue a 6 por cento para presidente, 18 por cento para deputado federal e 16 por cento para deputado estadual. Na eleição de 2002, anularam o voto para presidente 7,4 por cento dos eleitores. Para deputado federal e estadual o índice foi de 2,9 por cento para cada.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

 247 – Um dia depois de denunciar à televisão portuguesa que o ex-presidente Lula está preso ilegalmente no Brasil (saiba mais aqui), o ministro Marco

 'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

"Uma decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, já custou mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos sem

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

Fachin arquivou uma investigação da Polícia Federal que recaía contra Temer. A apuração era sobre um manuscrito apreendido no gabinete do senador pel

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

"Você vê uma criança bonitinha, de 12 anos de idade, entrando em uma escola pública, não sabe o que ela vai fazer depois da escola. É muito complicado