Terça-feira, 28 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula segura o PT e abre caminho para reeleição de Aldo Rebelo


Ilimar Franco e Isabel Braga - Agência O Globo BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva jogou uma ducha de água fria nas pretensões do PT de disputar a presidência da Câmara para o biênio 2007/2008. Em reunião de cerca de três horas com os integrantes da Executiva do partido, na quinta-feira, o presidente não quis se alongar sobre o tema, dizendo que tratará dele no futuro com o líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), cotado para o cargo, e com a bancada petista, mas deixou claro: trabalha, inclusive junto ao PMDB, para a reeleição do atual presidente, o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP). Mesmo sendo integrante de um partido que não alcançou a cláusula de desempenho, o comunista Aldo Rebelo está se beneficiando de um conjunto de fatores que favorecem sua candidatura. Como o PMDB tem as maiores bancadas na Câmara e no Senado, a solução desenhada por Lula é apoiar a reeleição de Renan Calheiros para a presidência do Senado e tê-lo como aliado para manter Aldo na Câmara. Essa operação, no entanto, exige um intrincado jogo político, do qual Lula quer ver o PT longe. - É preciso ter cuidado para não se cometer os erros do passado, quando lançamos dois candidatos - disse o presidente Lula, referindo-se às candidaturas dos petistas Luiz Eduardo Greenhalgh (SP) e Virgílio Guimarães (MG) à presidência da Câmara, que acabaram favorecendo Severino Cavalcanti (PP-PE). Dividido, o PMDB tem dificuldades para criar uma candidatura forte à sucessão de Aldo. O ex-líder do PMDB Geddel Vieira Lima (BA) surgiu como nome natural, depois que apoiou a eleição do petista Jaques Wagner para o governo da Bahia. Ele considera que o PMDB tem direito ao cargo, mas já avisou que não entrará em nenhuma disputa. Por outro lado, os governistas mais antigos - o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o senador José Sarney (PMDB-AP) -, que querem continuar no comando dos entendimentos com o governo, estimularam o ex-ministro das Comunicações Eunício Oliveira (PMDB-CE) a lançar-se publicamente candidato com o objetivo de frear as pretensões de Geddel. Com o PT contido e o PMDB dividido, as portas vão se abrindo para a reeleição de Aldo Rebelo. Até mesmo setores da oposição preferem o comunista no cargo. O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), duplamente derrotado nas eleições, tem conversado muito com Renan Calheiros e na Câmara, segundo um aliado, está trabalhando para reeleger Aldo Rebelo, com o objetivo de impedir que o cargo seja ocupado por Geddel, seu desafeto da política baiana. Outros líderes do PFL, por razões distintas, também preferem Aldo, sob o argumento de que não lhes interessa fortalecer o PMDB, que ficaria com a presidência das duas Casas. Os tucanos também não querem fazer da eleiçao da presidência da Câmara uma batalha. - Nós não vamos disputar e trabalhamos pelo entendimento - disse o líder do PSDB na Câmara, Jutahy Magalhães Junior (BA). Na reunião de ontem com o PT, o presidente Lula afirmou que o lançamento de uma candidatura petista à presidência da Câmara poderia prejudicar a formação de um governo de coalizão: - É preciso que a gente não dê sinais contraditórios e não se atrapalhe. Temos que ter humildade e aprender com a experiência - afirmou o presidente Lula, de acorco com um integrante da Executiva.

Gente de OpiniãoTerça-feira, 28 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Terça-feira, 28 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)