Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula sanciona lei de Segurança Alimentar e diz que país era governado para 30% da população


Cristiane Jungblut - Agência O Globo BRASÍLIA - Em cerimônia que sancionou a Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional (Losan), nesta sexta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu os programas sociais do governo, como o Bolsa Família. O presidente disse que o Brasil estava acostumado a ser governado apenas para 30% da população. Lula afirmou ainda que as autoridades que governaram o Brasil não conheciam o país, não iam aos grotões ou à periferia.- O Brasil adquiriu o hábito cultural de ser governado para 30% da população. Não foram poucos os governantes que afirmaram que o Brasil teria que ser governado por quem tem poder de pressão. Mas tem os anônimos e é para essas pessoas que precisamos aprender a prestar contas - disse Lula.Em mais um crítica aos adversários, o presidente Lula afirmou que não foram poucos aqueles que torceram o nariz quando o governo lançou o programa Fome Zero.- Muitos criticavam o guarda-chuva de programas sociais. Diziam, entre outras coisas, que a segurança alimentar era uma coisa menor, não sendo preciso transformá-la em uma agenda de estado - afirmou Lula.O presidente lembrou que o bolsa família atinge 11,1 milhões de pessoas e que os programas sociais são os principais responsáveis pela diminuição da desigualdade social no país. Segundo Lula, o Brasil vive a menor desigualdade dos últimos 25 anos.Na mesma linha do presidente, o ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, também reagiu às críticas dizendo que a bandeira social do governo não é nem assistencialista, nem clientelismo. O ministro afirmou que Lula não garantiu à sociedade três refeições diárias, mas que manifestou um desejo nesse sentido.- Quando dizem que o presidente fez uma promessa de garantir três refeições diárias, eu registro que isso não é uma promessa, mas sim um desejo (do presidente) - afirmou Patrus.O principal objetivo da Lei de Segurança Alimentar é assegurar o direito humano à alimentação adequada, ao mesmo tempo em que responsabiliza o poder público pelo seu cumprimento. Para isso, estabelece a criação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) e torna permanente o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), criado pelo atual governo.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO