Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula: País avançou na área de direitos humanos


 
Yara Aquino

Agência Brasil

Brasília – Ao discursar hoje (13) durante a entrega do Prêmio Nacional de Direitos Humanos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a fazer comparação entre políticas públicas e o futebol. Para ele, as ações de seu governo na área de direitos humanos dão a impressão de estar assistindo a uma partida de um time que está ganhando. Lula disse ainda estar “100%” otimista em relação às perspectivas do governo da presidenta eleita, Dilma Rousseff.

“Quando vai chegando o final do governo, a gente vai tendo a sensação de que estava assistindo a uma partida de futebol. Então, nessa partida de futebol não tenho dúvida de que estamos ganhando o jogo de 4, 5 a 0”, disse Lula.

Ao lembrar da saída do primeiro ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Nilmário Miranda, o presidente Lula mencionou as dificuldades enfrentadas durante o mensalão. “Quando o Nilmário saiu não era um ano fácil. Era 2005, quando o governo precisava de uma comissão de direito humanos para defendê-lo, porque a linha de ataque era raivosa. Era preciso derrubar o governo, bater até o governo cair no chão.”

O ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi, fez um balanço das ações do governo na área de direitos humanos e citou o Plano Nacional de Direitos Humanos 3, alvo de críticas. “Não havia porque pretender que o plano fosse um documento perfeito, onde não coubesse ajustes, alterações. Isso é da vida democrática e, num balanço, vemos que metade das ações do plano estão em andamento, inclusive o tema delicado da criação da Comissão da Verdade.”

Duas manifestações ocorreram ao longo do evento. Na primeira, uma pessoa que estava na plateia pediu a abertura dos arquivos da ditadura militar. Em outro momento, durante o discurso de Lula, uma mulher se levantou e foi até ele com uma faixa em que pedia um encontro. Depois do evento, ela informou que a família estaria enfrentando problemas fundiários no Pará.

Na cerimônia, o presidente Lula também assinou uma mensagem presidencial que encaminha ao Congresso Nacional a convenção que trata da proteção dos direitos dos trabalhadores migrantes e seus familiares.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç