Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula: 'O PT precisa voltar a ser exemplo para o país'


Ricardo Galhardo - Agência O GloboSÃO PAULO - Em discurso para os membros do Diretório Nacional do PT, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou uma série de recados. Além de pedir que os petistas deixem de lado as brigas internas e a luta por mais espaço no governo no segundo mandato, Lula disse que o PT precisa se preocupar mais com as questões éticas.- O PT precisa voltar a ser exemplo neste país - disse Lula em discurso de mais de uma hora aos petistas que participam da reunião do Diretório Nacional, que vai até domingo no Hotel Pestana, nos Jardins, em São Paulo.O presidente pediu mais atenção dos petistas às filiações de novos membros, como se fosse uma referência à prisão do deputado federal eleito por Minas Gerais, Juvenil Alves Filho, ontem em Belo Horizonte, envolvido com quadrilhas de sonegação de impostos e lavagem de dinheiro para o exterior.- Temos que tomar muito cuidado com as filiações. Há uma volúpia de pessoas que querem entrar para o partido, sobretudo agora que estamos no governo - alertou Lula.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul