Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula diz que vai se preparar melhor para enfrentar agressividade de Alckmin


Maria Lima - Agência O GloboBRASILIA - Escolhido como o símbolo da vitória no embate do segundo turno, o governador eleito da Bahia, Jaques Wagner (PT), foi escalado para dar o recado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o debate de domingo com o tucano Geraldo Alckmin, na TV Bandeirantes. Em coletiva de imprensa no comitê nacional de Lula, Wagner confirmou a irritação e a surpresa do presidente com a agressividade do adversário. A aposta, agora, é que essa agressividade seja rejeitada pela classe média, descrita por ele como mais esclarecida, e que não teria recebido bem "pegadinhas" como a da venda do Aerolula para a construção de hospitais.Após o debate, no vôo de volta a Brasília, Lula reconheceu que precisa se preparar melhor para os ataques e cobranças dos escândalos de corrupção nos próximos debates.- Já entendi. A única coisa que querem é isso (corrupção). Então vou me preparar para isso - desabafou Lula, segundo o governador eleito.Segundo Wagner, Lula ficou mesmo nervoso com os primeiros ataques porque vem apanhando há mais de um ano, e reagiu mal no primeiro bloco. Mas no segundo, ele se recuperou e fugiu do jogo.- O presidente não pode parar de se emocionar e fazer política friamente. Ele fica chateado quando companheiros se envolvem em irregularidades, indignado com ofenssas. O presidente não pode virar uma pedra de gelo. Está apanhando há um ano, esse tema é recorrente, e essa carga de emoção iria aparecer quando as perguntas fossem feitas - disse.Segundo Wagner, Lula ficou decepcionado com a nova postura de Alckmin, pois achava que haveria cobranças sobre corrupção, mas também discussão de propostas de governo, quando então poderia ter uma dianteira ao falar de suas realizações na comparação com o governo passado.- Foi uma decepção. Nós esperávamos que o Alckmin poderia vir com mais temas de política administrativa, que ele viria com algo mais consistente de programa. Mas veio com pegadinhas do Faustão - disse Wagner.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a