Porto Velho (RO) segunda-feira, 28 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lojas Americanas e Submarino confirmam negociação para fusão


Agência O Globo RIO - A Americanas.com e o site Submarino confirmaram nesta quinta-feira que estão negociando uma fusão, que poderá resultar na criação da B2W Companhia Global de Varejo. A B2W, que será listada no Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo, nasce com faturamento bruto de R$ 1,6 bilhão até setembro, sendo R$ 563 milhões do Submarino e R$ 1,0 bilhão da Americanas.com. O Ebitda no mesmo período é de R$ 133 milhões (R$ 40 milhões do Submarino e R$ 93 milhões da Americanas.com). Pelo acordo, a Lojas Americanas, controlada por Jorge Paulo Lemann, Beto Sucupira e Marcel Telles, terá 53,25% da nova empresa, enquanto os acionistas do Submarino ficarão com 46,75%. A venda de produtos será feita por meio de internet, televendas e quiosques. Os três executivos são ex-donos do Banco Garantia e já estiveram envolvidos em outras megafusões como a que resultou na criação da Ambev, em 1999, quando a Brahma se juntou à Antarctica. Em 2004, a nova empresa se juntou à belga Interbriew, formando a maior cervejaria do mundo. Não é por menos que Lemann aparece na 200ª posição no ranking dos mais ricos do mundo, feito pela revista Forbes, com US$ 3,4 bilhões. Telles ocupa o 512º lugar, com US$ 1,5 bilhão, e Sucupira é apontado como o 606° mais rico do mundo, com US$ 1,3 bilhão. Governança corporativa Cada ação atual do Submarino será substituída por uma ação de B2W, sendo que os detentores destes papéis receberão uma distribuição extraordinária de R$ 500 milhões. Já as Lojas Americanas farão uma capitalização de R$ 175 milhões da Americanas.com antes da transação. Além disso, a Lojas Americanas assinará um termo por meio do qual assumirá um standstill, no qual é limitada, entre outros pontos, sua capacidade de adquirir ações adicionais de B2W, além de níveis pré-determinados e sem a aprovação da maioria dos membros independentes do Conselho de Administração. Se concretizada, a fusão será a primeira com uma empresa de capital pulverizado e controle difuso na Bovespa. O site Submarino, desde março de 2005, está submetido às regras de governança corporativa do chamado Novo Mercado e não tem um sócio controlador. A fusão deverá ser aprovada em Assembléia Geral de Acionistas de ambas as empresas. Ainda de acordo com nota distribuída à imprensa, a B2W será co-presidida pelos atuais presidentes da Americanas.com, Anna Saicali, e do Submarino, Flávio Jansen. A companhia terá sede social em São Paulo, com centros operacionais não apenas na cidade, mas também no Rio de Janeiro. A expectativa é de que a fusão seja concluída até 31 de dezembro de 2006, estando sujeita à aprovação dos acionistas do Submarino e Americanas.com, necessitando também do aval de agências regulatórias. Até que a operação seja concluída, ambas as empresas seguirão com suas operações de forma independente. Os assessores financeiros do negócio são Banco Credit Suisse, pelo Submarino, e Citigroup, pela Lohjas Americanas. A assessoria jurídica ficará a cargo dos escritórios Mattos Filho Veiga Filho Marrey Jr. e Quiroga Advogados, pelo Submarino, e Barbosa, Müssnich e Aragão Advogados, representando a Lojas Americanas. As ações do Submarino acumulam alta de 20% em novembro. Somente nesta quarta-feira, os papéis do Submarino subiram 4,80%, para R$ 52,50. As ações preferenciais das Lojas Americanas avançaram 12,37% este mês e a empresa atingiu o maior valor de mercado desde o lançamento das ações.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu