Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lei do Esporte divide artistas e atletas


Agência O Globo RIO - O ministro da Cultura, Gilberto Gil, e o ministro do Esporte, Orlando Silva Junior, se reúnem nesta segunda-feira para discutir a questão da Lei do Esporte. O projeto cria incentivos fiscais ao patrocínio de eventos esportivos e, na opinião artistas, produtores e diretores pode reduzir os investimentos em atividades culturais.Neste domingo, representantes da classe artística como o presidente da Associação de Produtores Teatrais do Rio, Eduardo Barata, e artistas como Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg, Tônia Carrero e Ney Latorraca estiveram reunidos no Rio para tentar encontrar uma maneira de impedir a aprovação da lei no Senado.No mesmo dia, a Comissão de Atletas Pan-Americanos e Olímpicos divulgou declarações de alguns dos seus principais integrantes, como a ex-jogadora de basquete Hortência, o iatista Robert Scheidt e o ex-nadador Gustavo Borges, contra qualquer modificação no projeto de lei de apoio ao financiamento do esporte, aprovado na Câmara de Deputados.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul