Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Legacy que estaria envolvido em acidente tinha autorização para seguir aos EUA


Agência O GloboRIO - Apesar de a aeronave Legacy, fabricada pela Embraer, supostamente envolvida em um acidente que teria resultado na querda de um Boeing 737 da Gol, apresentar avaria em uma das asas e problemas hidráulicos, ainda é cedo para afirmar que houve uma colisão entre as duas aeronaves. A Infraero não descarta a possibilidade de uma peça do aparelho da Gol ter-se soltado e atingido o Legacy, que conseguiu fazer um pouso de emergência na base de Cachimbo. O Legacy, que, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), pertence à empresa Excel Aire, de Nova York, fazia seu primeiro vôo e havia sido adquirido por uma empresa dos Estados Unidos, para onde seguia. A Excel Aire é uma das maiores empresas americanas de vôos com jatos fretados. O GLOBO ONLINE entrou em contato por telefone com a empresa, mas ela não confirmou nem negou ser dona do aparelho.Na madrugada deste sábado, o ministro da Defesa, Waldir Pires, afirmou que tudo indicava que teria havido a colisão. O ministro revelou que as primeiras informações dão conta de que os dois aviões estavam em altitudes muito diferentes (36 mil pés e 33 mil pés), mas o piloto do Legacy relatou às autoridades da aeronáutica que, em pleno vôo, subitamente percebeu uma sombra em sua direção e, na seqüência, sentiu um choque na aeronave, que perdeu parte de uma das asas.A investigação do acidente, ocorrido no extremo-norte do Mato Grosso, está a cargo da Anac e a Aeronáutica. O presidente da Anac, Milton Zuanazzi, disse que o piloto e os ocupantes do Legacy se puseram à disposição da comissão de investigação.Na aeronave de fabricação brasileira viajavam, além do piloto, um brasileiro e quatro americanos, entre eles Joe Sharkey, jornalista do "New York Times". Segundo o jornal americano, Sharkey já entrou em contato com a família e passa bem. A eronave de pequeno porte saiu de São José dos Campos, interior de São Paulo, e seguia para os Estados Unidos. Antes, faria uma possível parada em Manaus para abastecer.O Legacy tem bandeira americana, mas a Embraer não revelou a quem pertence o avião. E empresa brasileira já vendeu 78 aviões modelo Legacy para clientes de 18 países e só quatro operadores são brasileiros. Nos Estados Unidos e Europa estão os principais operadores do jato, que pode ser configurado para transportar de oito até 19 passageiros.O Legacy foi lançado há cinco anos e é derivado do jato de transporte regional ERJ-135.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a