Porto Velho (RO) domingo, 27 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Jurista condena decisão de Lula de suspender prisão de militares


Agência O Globo BRASÍLIA - O presidente da Academia Brasileira de Direito Constitucional (Abdconst), Flávio Pansieri, classificou nesta segunda-feira como "atentado" às Forças Armadas a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de desautorizar o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, que havia decretado a prisão dos controladores aéreos amotinados na última sexta. Pouco após Saito ter decidido pelas prisões, Lula ordenou que se negociasse com os militares rebelados. - O presidente Lula precisa lembrar que ele é o comandante em chefe das forças armadas, que o sistema militar precisa preservar o comando e que isto tem extrema importância para a manutenção da soberania nacional - disse Pansieri, que alertou para conseqüências futuras da decisão: - Quem sabe no futuro os comandados possam imaginar que não devem mais respeito também ao presidente da República, que é seu chefe supremo.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu