Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Jungmann diz que vai provar sua inocência


Gerson Camarotti - AGência O GloboBRASÍLIA - O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) disse nesta quinta-feira ter recebido com surpresa a decisão da Procuradoria da República no Distrito Federal de entrar com ação de improbidade administrativa contra ele e mais oito pessoas por supostas irregularidades no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O deputado, que foi ministro do Desenvolvimento Agrário entre 1998 e 2002, disse que até então vinha sendo tratado como testemunha e que não teve oportunidade de se defender.- Esse é um processo que vem rolando há quatro/cinco anos e eu estava na condição de testemunha. Não fui chamado para me defender - afirmou.O deputado disse ainda que, como homem público, vai prestar contas e esclarecer toda e qualquer denúncia de irregularidade em sua gestão. Ele prometeu encaminhar representações ao presidente do PPS, Roberto Freire, e ao Conselho de Ética da Câmara pedindo que seja aberta investigação nas duas instâncias para investigar sua conduta.- O mesmo rigor que sempre cobrei, quero que aconteça comigo. Confio na Justiça do meu país e no Ministério Público - afirmou.Jungmann disse que não vai atacar a imprensa e que vai provar sua inocência. O deputado prometeu explicar ponto por ponto a ação do MP e disse só temer que o caso caia no esquecimento e fique a dúvida sobre seu caráter.- Tenho 54 anos e não tenho um único imóvel próprio. Agora, só peço que a imprensa acompanhe com rigor e imparcilaidade. Não temo a Justiça nem qualquer tipo de julgamento, só temo o limbo.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di