Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Jefferson quer evitar eleição de corruptos


 Já está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), aguardando designação de relator, projeto de lei complementar de autoria do senador Jefferson Péres (PDT-AM) que altera a lei complementar 64/90 - a chamada Lei das Inelegibilidades -impedindo a candidatura a cargo eletivo de quem tenha sido condenado ou responda a ação penal por crime contra a administração pública, enquanto não for penalmente reabilitado ou absolvido.

O projeto (PLS 261/06) tem por objetivo ampliar o elenco de determinações que impede brasileiros de se candidatarem. Pela atual legislação, são impedidos de concorrer a cargo eletivo, entre outros, os condenados criminalmente - com sentença transitada em julgado - pela prática de crime contra a economia popular, fé pública, administração pública e patrimônio público. Mas a legislação, segundo o senador, abre brecha para que os processados por crime contra a administração pública fiquem imunes à lei, o que considera um absurdo.

- É necessário garantir a legitimidade das eleições, protegendo a probidade administrativa e a moralidade para o exercício do mandato, considerada a vida pregressa do candidato - salientou o senador, ao se mostrar "estarrecido" com a possibilidade de inúmeros parlamentares serem reeleitos nas eleições de outubro apesar de estarem claramente envolvidos com corrupção e com desvio de dinheiro público.

O pior, segundo Jefferson Péres, é que a Justiça Eleitoral não possui qualquer embasamento legal para agir, no intuito de impedir tais candidaturas.

Fonte: Cláudio Bernardo - Agência Senado

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.