Porto Velho (RO) sexta-feira, 30 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Jaques Wagner diz que CPI do Apagão Aéreo não prejudicará o governo


Gerson Camarotti - Agência O Globo BRASÍLIA - Depois de se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na tarde desta quarta-feira, o governador da Bahia, Jaques Wagner, disse não acreditar que a CPI do Apagão Aéreo tenha o mesmo impacto das CPIs dos Correios e do Mensalão. Segundo ele, na época havia a iminência do embate eleitoral e a oposição queria atingir Lula para evitar sua reeleição. - Acho difícil qualquer CPI ter o impacto das CPIs de 2005 e 2006. Naquela época, havia o objetivo de combater eleitoralmente o governo. Não creio que a CPI do Apagão tenha impacto eleitoral, tem potencial bem menor do que as de 2005 e 2006. Eu dizia que quando passasse a eleição o Lula deixaria de ser objeto de desejo da oposição. O clima é positivo no país, o ambiente é positivo, isso contibrui para não criar clima de conturbação para o país - disse.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu