Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Internauta brasileiro é jovem, tem mais instrução e renda familiar mais alta


Agência O GloboRIO - O internauta brasileiro é jovem e tem grau de instrução e renda familiar superiores à maioria da população brasileira. O perfil foi traçado no estudo suplementar da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2005, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o levantamento, o grupo etário que mais acessa a internet da escola, de casa ou do trabalho se situa entre os 15 e 17 anos de idade - 33,9% acessou a rede em 2005.Entre os que tinham 18 e 19 anos, 32,9% acessavam a internet. Já na faixa de 20 a 24 anos, o percentual era de 31,1%. O uso da internet cai na medida em que aumenta a faixa etária a partir dos 15 anos, atingindo apenas 7,3% da população com 50 anos ou mais de idade.A utilização da rede também é maior entre as pessoas mais instruídas. Entre os seus usuários, a média de anos de estudo foi de 10,7 anos, enquanto entre as pessoas que não utilizavam a rede a média correspondeu a 5,6 anos de estudo.Segundo a pesquisa, quanto maior o nível de instrução, maior é a proporção de uso da internet. Enquanto apenas 2,5% das pessoas sem instrução ou com até quatro anos de estudo acessaram a rede, o percentual sobe para 76,2% entre os que estudaram 15 anos ou mais. Outra diferença diz respeito à renda dos internautas do país. A renda média mensal domiciliar per capita daqueles que usaram a internet, de R$ 1 mil, correspondeu a pouco mais do triplo dos que não usaram a rede, de R$ 333.No total da população com 10 anos ou mais de idade do Brasil, 21% utilizaram a internet em 2005, o equivalente a 32,1 milhões de pessoas. A pesquisa mostrou ainda que a educação foi a finalidade mais citada para o uso da rede, com 71,7% das respostas, seguida pela comunicação com outras pessoas (68,6%), atividades de lazer (54,3%) e leitura de jornais e revistas (46,9%).O principal motivo citado entre os que não usavam a rede foi a falta de um computador, com 37,2% das respostas. Já o percentual dos que não usaram porque não acharam necessário foi de 20,9%. Outros 20,5% dos que não usavam a rede disseram que não sabiam utilizá-la.(Ana Paula Grabois | Valor Online)

Mais Sobre Política - Nacional

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul

Jair Bolsonaro confirma revogação da adesão ao Pacto Global para Migração

Jair Bolsonaro confirma revogação da adesão ao Pacto Global para Migração

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a revogação da adesão do Brasil ao Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular. Na sua conta no Twitte