Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

INSS: quem não atualizar dados pode perder benefício em dezembro


Agência O GloboBRASÍLIA - Os aposentados e pensionistas chamados para fazer o Censo Previdenciário a partir de julho deste ano devem atualizar os dados cadastrais até este mês. Caso contrário, perderão o pagamento do benefício já em dezembro. Os beneficiários atualizam os dados cadastrais nas agências bancárias onde recebem o pagamento.Segundo informações do Ministério da Previdência Social, 1,47 milhão de beneficiários foram chamados por meio de comunicado para fazer o censo em julho. Desses, 181 mil ainda não atualizaram os dados cadastrais.A atualização do cadastro do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem o objetivo de combater fraudes e acabar com pagamentos indevidos. Os aposentados e pensionistas que fazem o censo desde julho têm número de benefício de final 4. Quem não precisa atualizar os dados recebeu um aviso informando que estava dispensado.Os documentos obrigatórios para fazer o censo são o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e um documento de identificação, que pode ser a Carteira de Identidade, a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O INSS recomenda também que o beneficiário apresente um comprovante de residência e o Número de Inscrição do Trabalhador (NIT).

Mais Sobre Política - Nacional

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Em sessão solene no plenário da Câmara dos Deputados, a Medalha Mietta Santiago foi entregue hoje (19) a cinco mulheres que se destacaram na luta por