Porto Velho (RO) segunda-feira, 9 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Hospital de Cacoal: Estado cumpriu exigências do TCU


Durante ato organizado por um movimento pró-Hospital Regional de Cacoal, no final da tarde desta quinta-feira, o governado Ivo Cassol anunciou que o Estado já cumpriu todas as exigências feitas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e que os recursos para a retomada das obras estão assegurados, através de emenda parlamentar do ex-deputado federal Nilton Capixaba. “Temos agido com responsabilidade, como sempre fazemos, e cumprimos todas as exigências do TCU. Mas, devido a erros cometidos no passado até hoje o Estado está sendo penalizado e a população não pode ser beneficiada com essa importante obra, que marcaria a descentralização da saúde e a melhoria no atendimento médico para Cacoal e região”, observou Cassol.

O senador Expedito Júnior, o presidente da Assembléia, Neodi Carlos, o deputado estadual Valdivino Tucura, vereadores, representantes de entidades empresariais e organizações não-governamentais participaram do ato.

Segundo o governador, não é correto a população ser prejudicada por erros de administradores. “Quem errou, que seja punido, mas as obras não podem parara porque quem se prejudica é a população”, disse Cassol, acrescentando que aguarda o sinal verde do TCU para novas licitações e reinício dos trabalhos na obra do Hospital Regional, que foram iniciadas há 17 anos. 

Expedito Júnior relatou que vai continuar buscando recursos federais e brigar para que as emendas apresentadas por Nilton Capixaba sejam empenhadas. “Cacoal pode contar com o nosso trabalho lá em Brasília para a liberação de recursos, mas, antes precisamos garantir a retomada das obras e para isso é preciso que o TCU libere a reinício dos serviços”, declarou Expedito.

Com capacidade para 150 leitos, o Hospital contará com serviços ambulatoriais, centro cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), laboratórios, atendimento em ortopedia, entre outros serviços médicos. “Com o Hospital em funcionamento, vai desafogar inclusive as unidades de saúde da capital, pois os pacientes não mais precisarão se deslocar até lá para receber atendimento”, destacou.

“Esse hospital é um sonho para a população de Cacoal e estamos formando profissionais na área de saúde que desejam esta obra funcionando, abrindo assim uma grande opção de trabalho, creio que a mobilização de todos é importante para a concretização desse objetivo”, afirmou a presidente da Faculdade de Biomedicina de Cacoal (Facimed), Sandra Marques.

Fonte: Decom

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p