Porto Velho (RO) sábado, 31 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Grávida queimada em trote faz ultrassom para checar estado do bebê


Priscilla Muniz foi atingida por uma mistura de gasolina e creolina.  Estudante ficou internada por causa das queimaduras   

Grávida de três meses, Priscilla Vieira Rezende Muniz, 18 anos, que foi queimada durante um trote com uma mistura de gasolina e creolina  irá fazer um ultrassom na tarde desta quinta-feira (12) para checar se está tudo bem com o bebê.

O trote violento ocorreu na segunda-feira (9) na calçada da Fundação Municipal de Educação e Cultura (Funec), em Santa Fé do Sul, no interior de São Paulo. 

"Ela não passou a noite bem. Ficou se queixando de muita dor no corpo e nas queimaduras", disse ao G1 a mãe dela, a dona-de-casa Cícera Vieira Rezende, 37 anos."Estou com medo que ela tenha tido alguma reação por causa do produto químico que foi jogado. Ela também estava sentindo dor na parte de baixo da barriga, como se fosse uma cólica menstrual."

O médico que atendeu a jovem no hospital disse que não houve a necessidade de fazer um ultrassom quando ela esteve internada. "Ela apresentava apenas as lesões na pele, que foram queimaduras de primeiro grau", disse Rogério Gandhi. "Como ela não se queixava de dor nem tinha tido hemorragia, e o coração do feto estava batendo normal, não foi preciso um ultrassom."

A jovem foi ouvida na manhã desta quinta-feira pelo delegado Gervásio Fávaro, que é o encarregado do caso, na Delegacia da Mulher. A outra jovem que também foi queimada pelo mesmo líquido começou a ser ouvida às 12h.

Dois sustos

Ela conta que soube que a filha está grávida há apenas 15 ou 20 dias. "E agora acontece isso. Foi um susto atrás do outro", afirmou Cícera. "O médico que a atendeu no hospital falou que ela não tinha abortado, mas não sabemos se o bebê está morto ou não, por isso vamos fazer o ultrassom."

Quando soube que a Priscilla havia sido vítima de um trote violento, Cícera diz que ficou apavorada. "Eu estava sozinha em casa e sem carro. A minha vontade foi de sair correndo a pé até o hospital."  

Expulsão

"Essa menina veterana que jogou o líquido nela tem que ser expulsa da faculdade. É um absurdo uma coisa dessas. Quem fez isso não é gente normal. Vai ser o cúmulo se uma tranqueira dessas continuar na faculdade", disse Cícera. 

"O mínimo que deveria acontecer com essa pessoa é ser expulsa da faculdade", afirmou Priscilla, que chegou a ficar internada por um dia. "Eu não vou aparecer na faculdade porque não sei o que pode me acontecer. Vou esperar mais um pouco ainda. Prefiro não correr esse risco", diz.

Em nota, a instituição lamenta o incidente e afirma que aguardará o esclarecimento do ocorrido pela polícia para tomar as medidas cabíveis.

"Eu acho que a faculdade está fazendo corpo mole. Se não for tomada nenhuma atitude, como a expulsão, iremos processar a instituição também, além da menina agressora", afirmou Cícera. 

Fonte: G1

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu