Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo poderá reduzir a mistura de álcool na gasolina


Eliane Oliveira - Agência O GloboBRASÍLIA - O governo poderá intervir no mercado de álcool rever e reduzir a mistura do álcool anidro na gasolina se os preços do combustível subirem de forma descontrolada. Segundo o ministro da Agricultura, Luís Carlos Guedes, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá convocar uma reunião do Conselho Interministerial do Álcool (Cima) para rever a mistura de álcool à gasolina, hoje de 23%. Em outras palavras, a resposta seria a redução para 20% da mistura, o que aumentaria a oferta do combustível no mercado interno.Pelo menos um pleito do setor, que era aumentar a parcela de álcool anidro para 25%, não deve mais ser atendida no momento. O governo iria discutir essa possibilidade ainda em janeiro, mas, segundo o ministro, seria contraditório tomar essa medida agora.- Não tem sentido aumentar a mistura para melhorar o preço do setor se as cotações do produto estão reagindo na entressafra com reajustes - disse Guedes.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que