Sábado, 13 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governador tucano se encontra com Lula e promete não fazer oposição 'para circo pegar fogo'


Luiza Damé - Agência O Globo BRASÍLIA - Na audiência com o governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), na manhã desta sexta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse acreditar que não terá dificuldades de relacionamento com os governadores de oposição porque não é candidato. Também nesta sexta-feira, governadores do PMDB participam de reunião articulada pelo governador oposicionista Luiz Henrique (SC) pa a fim de tirar posição unificada em relação ao governo Lula. Luiz Henrique, porém, foi surpreendido com a informação de que, depois de uma ofensiva do Palácio do Planalto, quatro haviam desistido e apenas Roberto Requião(PR) e André Puccinelli (MS) garantiam presença, além de Germano Rigotto (RS), que só tem mais 40 dias de mandato. Cássio é o primeiro governador tucano recebido por Lula depois das eleições, e o principal assunto do encontro foi a renegociação das dívidas do estado, que no próximo ano comprometerá 20% da receita. - No primeiro mandato esse tema era proibido. Era só falar em renegociação de dívida e arrepiava o Palocci - disse Cunha Lima. Ele propôs a Lula a criação de um fundo, constituído de 40% do montante pago pelos estados do Nordeste, que seria administrado pela Sudene, para investimento em obras estruturantes na região. Segundo Cássio, Lula recebeu bem a proposta. No encontro, Lula anunciou que reunirá os governadores da base aliada na próxima semana e depois chamará os de oposição. Segundo Cássio, Lula tem uma boa relação com ele e também com os governadores tucanos eleitos José Serra (SP), Teotonio Vilela Filho (AL) e o reeleito Aécio Neves (MG). Serra, disse o governador, telefonou para Lula ao retornar de Nova York para acertar um encontro entre os dois. - Não há uma obstrução do diálogo com o PSDB. A oposição do PSDB não será ao país. Não vamos fazer uma oposição para ver o circo pegar fogo - disse o governador. Segundo Cássio, na conversa, o presidente disse perceber que há um ambiente melhor em relação à oposição, especialmente aos governadores, porque Lula não é mais candidato à reeleição. Lula afirmou ainda acreditar que fará um segundo mandato melhor .

Gente de OpiniãoSábado, 13 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Sábado, 13 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)