Porto Velho (RO) domingo, 18 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Garcia diz que espera oposição forte e critica 'bestas com PhD'


Por Ricardo Amaral - Agência O GloboBRASÍLIA (Reuters) - O coordenador da campanha da reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marco Aurélio Garcia, disse nesta quinta-feira que espera ``uma oposição forte'' em um segundo mandato.``Infeliz do país que não tem oposição'', disse Garcia a jornalistas, pouco depois de conhecer os dados da pesquisa CNT-Sensus, indicando vantagem de Lula de 24 pontos percentuais sobre o adversário Geraldo Alckmin.Sem citar nomes, o coordenador criticou adversários que ''tentam dividir artificialmente o eleitorado entre ilustrados, que não votariam em Lula, e ignorantes, que votariam nele.''``Existem grandes animais, grandes bestas políticas com diploma de doutorado e pós-doutorado'', disse Garcia. ``A afirmação de que o país se dividiu entre instruídos e iletrados, ricos e pobres, não se sustenta nem pelas pesquisas.''Garcia, que também é presidente em exercício do PT, negou que a expressiva vantagem no segundo turno, apontada nas pesquisas, seja uma espécie de ``carta-banca'' conferida a Lula para os próximos quatro anos.``Precisamos de uma oposição forte, organizada, propositiva, atuante, esse é um princípio da democracia'', afirmou o dirigente petista. ``O PT se fortaleceu na oposição, antes de se fortalecer como governo.''ALIADOSSem mencionar qualquer iniciativa de entendimento ou pacto com a oposição, Marco Aurélio Garcia destacou que a vantagem eleitoral de Lula deve somar-se à vitória de governadores aliados.``Se tivermos expressiva base no Congresso e muitos governadores afinados com nosso projeto, será mais fácil a segunda etapa de governo'', afirmou. ``Mas o presidente Lula vai relacionar-se indistintamente com os governadores que o apóiam e os que não o apóiam.''O coordenador de Lula evitou cantar vitória antecipadamente, mas desdenhou a hipótese de algum ``fato novo'' alterar a tendência das pesquisas até domingo, especialmente se for uma nova denúncia contra o governo.``A oposição confunde eleição com delegacia de polícia, pois um velho vício da direita brasileira é considerar-se monopolista da ética'', afirmou. ``O fato novo da eleição é a adesão cada vez maior da sociedade à candidatura Lula.''Garcia se queixou da produção de material gráfico sem assinatura contra Lula, mencionando apreensão de folhetos apócrifos em Belém, na quarta, e em belo Horizonte, nesta quinta.Como exemplo desse tipo de material, Garcia exibiu cópia de adesivo que circula no Rio Grande do Sul, que o PT considerou ofensivo. É o desenho de uma mão espalmada, sem o dedo mínimo (como a mão esquerda de Lula), cruzada por uma diagonal vermelha, como o sinal de trânsito de ``proibido.''(Por Ricardo Amaral)

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele