Porto Velho (RO) quarta-feira, 24 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Garcia diz que espera oposição forte e critica 'bestas com PhD'


Por Ricardo Amaral - Agência O GloboBRASÍLIA (Reuters) - O coordenador da campanha da reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marco Aurélio Garcia, disse nesta quinta-feira que espera ``uma oposição forte'' em um segundo mandato.``Infeliz do país que não tem oposição'', disse Garcia a jornalistas, pouco depois de conhecer os dados da pesquisa CNT-Sensus, indicando vantagem de Lula de 24 pontos percentuais sobre o adversário Geraldo Alckmin.Sem citar nomes, o coordenador criticou adversários que ''tentam dividir artificialmente o eleitorado entre ilustrados, que não votariam em Lula, e ignorantes, que votariam nele.''``Existem grandes animais, grandes bestas políticas com diploma de doutorado e pós-doutorado'', disse Garcia. ``A afirmação de que o país se dividiu entre instruídos e iletrados, ricos e pobres, não se sustenta nem pelas pesquisas.''Garcia, que também é presidente em exercício do PT, negou que a expressiva vantagem no segundo turno, apontada nas pesquisas, seja uma espécie de ``carta-banca'' conferida a Lula para os próximos quatro anos.``Precisamos de uma oposição forte, organizada, propositiva, atuante, esse é um princípio da democracia'', afirmou o dirigente petista. ``O PT se fortaleceu na oposição, antes de se fortalecer como governo.''ALIADOSSem mencionar qualquer iniciativa de entendimento ou pacto com a oposição, Marco Aurélio Garcia destacou que a vantagem eleitoral de Lula deve somar-se à vitória de governadores aliados.``Se tivermos expressiva base no Congresso e muitos governadores afinados com nosso projeto, será mais fácil a segunda etapa de governo'', afirmou. ``Mas o presidente Lula vai relacionar-se indistintamente com os governadores que o apóiam e os que não o apóiam.''O coordenador de Lula evitou cantar vitória antecipadamente, mas desdenhou a hipótese de algum ``fato novo'' alterar a tendência das pesquisas até domingo, especialmente se for uma nova denúncia contra o governo.``A oposição confunde eleição com delegacia de polícia, pois um velho vício da direita brasileira é considerar-se monopolista da ética'', afirmou. ``O fato novo da eleição é a adesão cada vez maior da sociedade à candidatura Lula.''Garcia se queixou da produção de material gráfico sem assinatura contra Lula, mencionando apreensão de folhetos apócrifos em Belém, na quarta, e em belo Horizonte, nesta quinta.Como exemplo desse tipo de material, Garcia exibiu cópia de adesivo que circula no Rio Grande do Sul, que o PT considerou ofensivo. É o desenho de uma mão espalmada, sem o dedo mínimo (como a mão esquerda de Lula), cruzada por uma diagonal vermelha, como o sinal de trânsito de ``proibido.''(Por Ricardo Amaral)

Mais Sobre Política - Nacional

Senador Marcos Rogério sugere o afastamento cautelar de diretor-geral da ANTT

Senador Marcos Rogério sugere o afastamento cautelar de diretor-geral da ANTT

Na manhã desta terça-feira, durante a abertura da reunião da Comissão de Infraestrutura, o senador Marcos Rogério sugeriu o afastamento cautelar do

Cultura: Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Jair Bolsonaro

Cultura: Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Jair Bolsonaro

O governo federal determinou a revisão dos contratos da Petrobras que estão em vigor para patrocínios ligados ao setor de cultura. Em publicação hoje 

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

No pacote divulgado ontem (11) para marcar os 100 dias de governo, o presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto 9.759, que pretende diminuir de 700 p

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Diversas lideranças indígenas procuraram os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB) e Adão Salvatico (PRB), em Espigão do Oeste, para tentar impedir a ex