Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Força-tarefa de ajuda à TAM ainda não desafogou filas nos aeroportos


Bruno Rosa - Agência O Globo BRASÍLIA - A força-tarefa de suporte à TAM começou a ser posta em prática na noite desta sexta-feira, mas ainda não foi suficiente para acabar com as longas filas nos guichês de check in da companhia aérea nos aeroportos. Aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e da Varig foram colocados à disposição para reduzir o tempo de atraso dos vôos, mas a insatisfação ainda é grande nas salas de embarque.Duas aeronaves da FAB iniciaram o transporte de passageiros da TAM na noite desta sexta. Um Boeing 737 decolou do Aeroporto Internacional de Brasília com destino ao Aeroporto de Confins, em Minas Gerais. Outro partiu do Galeão, no Rio de Janeiro, com destino a Brasília. Já a Varig fez dois vôos durante a madrugada: um de Congonhas para Fortaleza e outro fez a rota Guarulhos/Salvador/Fortaleza/Guarulhos. A companhia aérea informa que já transportou cerca de 700 passageiros da TAM, incluindo os endossos de passagem.Mas na manhã deste sábado já houve confusão no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Uma passageira foi presa depois de jogar um computador dentro de uma sala da TAM. Nervosa por não conseguir embarcar em um vôo que estava previsto para as 7h, para Salvador, Miriam Bezerra foi levada para o posto da Polícia Federal.A passageira chegou a se atracar com uma funcionária da companhia. Um outro funcionário da TAM, que tentou agarrar o computador, quebrou o braço.Cerca de 700 pessoas aguardam na fila de check in da TAM, no Tom Jobim, mas funcionários não informam a previsão dos horários de vôo. Por volta das 9h, não havia nenhuma aeronave da companhia no aeroporto. De acordo com o painel de informações, seis vôos da TAM estavam atrasados e outros 11 não tinham previsão para decolar. ( Veja imagens desta sexta-feira nos aeroportos).Muitos passageiros estão desistindo de viajar para o feriado de Natal e indo embora. Entretanto, eles estão levando aproximadamente duas horas para conseguir tirar suas bagagens. Ao tentarem registrar reclamações formais, os passageiros também recebem a recusa dos funcionários para assinar o documento.Em São Paulo, o aeroporto de Congonhas continua registrando filas imensas no check in das companhias aéreas na manhã deste sábado. No balcão da TAM, a fila tem cerca de 50 metros e chega até a calçada na área externa do aeroporto. No balcão da Gol, o mesmo problema está acontecendo. Todos os vôos previstos para esta manhã, entre partidas e chegadas, estão atrasados. São 14 partidas e 14 chegadas com atraso.A Aeronáutica diz que caberá à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) definir quais as rotas para os quais os aviões serão destinados e o restante da operacionalização dos aviões da FAB, que, direciona esse efetivo atendendo a uma determinação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.Outra medida tomada pela Anac foi determinar que, excepcionalmente, o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ficasse aberto durante a madrugada.A Anac havia determinado que a TAM suspendesse a venda de passagens até que todos os passageiros que aguardavam nas filas tivessem embarcado. Mas, no início da noite, contrariando a determinação, a TAM voltou a vender passagens.Em evento de fim de ano com jornalistas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que quer diagnósticos diários sobre a situação nos aeroportos e admitiu que essa crise já durou tempo demais.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Ministro Marco Aurélio Mello, do STF, liberou para a inclusão na pauta da 1ª Turma da corte o julgamento contra o candidato da extrema-direita a presi

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

O diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho, morreu nesta terça-feira no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo, vítima de um câ

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';