Porto Velho (RO) sexta-feira, 1 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Força Aérea Brasileira transporta urnas para lugares de difícil acesso


 
Débora Zampier

 Agência Brasil,
Brasília – A Força Aérea Brasileira (FAB) vai levar mais de 500 urnas eletrônicas para as localidades de difícil acesso no Norte e Nordeste do país. As urnas chegarão a 66 localidades de difícil acesso no Acre, Amapá, Amazonas, Pará e em Pernambuco. A operação envolve sete tipos de aviões e de helicópteros para transporte carga e profissionais dos tribunais regionais eleitorais que atuarão nas eleições de domingo.

No caso do Acre, os helicópteros da FAB levarão o dobro de urnas usadas no primeiro turno para pelo menos 32 aldeias, totalizando 240 aparelhos.

Para o Pará, 22 urnas serão transportadas para oito localidades na zona rural das cidades de São Felix do Xingu e de Jacareacanga, onde moram 3.260 brasileiros, a maioria de origem indígena.

A FAB também transportará 22 urnas para Fernando de Noronha, arquipélago pernambucano, onde vivem 1.200 eleitores.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu