Sexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

FH: Lula acabou, mudou de lado, enterrou-se em escândalos


Agência O Globo Por Natuza Nery e Maurício Savarese SÃO PAULO (Reuters) - Foi do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso o discurso mais duro do comício de encerramento da campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência. Olhando para trás, disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para manter-se no poder, agarrou-se às oligarquias e juntou-se a ``algozes'' da ditadura. ``O Lula, que andou conosco.... hoje está de mãos dadas com Delfim Netto (PMDB-SP), que era o algoz da ditadura'', bravejou nesta quarta-feira Fernando Henrique, durante comício no Vale do Anhangabaú, palco político da luta pelas Diretas Já, para garantir a escolha do presidente da República por voto direto. Durante o regime militar, Delfim foi ministro da Fazenda entre 1967 e 1974, ministro da Agricultura em 1979 e do Planejamento, no comando da economia, entre 1979 e 1985. Fernando Henrique, um dos principais alvos das críticas da campanha petista, atacou frontalmente Lula e suas alianças. ``Um presidente que eu cheguei a respeitar. O presidente Lula matou tudo que ele representava de bonito no momento em que ele se juntou com o que há de pior no Brasil.'' Fernando Henrique atacou os escândalos de corrupção que envolveram petistas e afirmou, rebatendo declarações do presidente de que não barrou CPIs que investigavaram seu governo, como fez o PSDB enquanto governou o país, que seu partido não ``joga sujeira para debaixo do tapete''. ``Agora se dão ao desplante de dizer que não jogam sujeira debaixo do tapete. Para mim, o senhor acabou, foi enterrado nos escândalos que começaram em seu governo'', atacou, exigindo ''coragem e hombridade'' de Lula para dizer quem encomendou um dossiê contra políticos tucanos e de onde veio o dinheiro que seria usado para pagá-lo. Lula vem repetindo esse argumento toda vez que é acusado de manipular as apurações da Polícia Federal no escândalo do dossiê. No último debate televisivo, ele voltou à tese, mas Alckmin perdeu a oportunidade de refutar as declarações do adversário. ``Meu Deus, o tapete dele é voador, está voando com as mentiras'', ironizou Fernando Henrique, para o delírio dos cinco mil militantes que compareceram ao evento político, segundo dados da Polícia Militar. Segundo a organização, que esperava 15 mil pessoas para a ``despedida'' da campanha, eram 10 mil os presentes ao evento. Criticado pelo PT e pelo próprio presidente de ser um representante das elites brasileiras, Fernando Henrique empolgou-se diante da platéia, acusou o ex-companheiro de luta pela democracia de agarrar-se às oligarquias do país. ``Não vem com essa conversa, não, nós somos é povo, nós somos é povão'', disse Fernando Henrique, expressando, acima de tudo, um desejo. O ex-presidente quer uma aproximação maior junto às bases populares para refundar o partido que lidera.

Gente de OpiniãoSexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Sexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)