Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

FH: Lula acabou, mudou de lado, enterrou-se em escândalos


Agência O Globo Por Natuza Nery e Maurício Savarese SÃO PAULO (Reuters) - Foi do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso o discurso mais duro do comício de encerramento da campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência. Olhando para trás, disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para manter-se no poder, agarrou-se às oligarquias e juntou-se a ``algozes'' da ditadura. ``O Lula, que andou conosco.... hoje está de mãos dadas com Delfim Netto (PMDB-SP), que era o algoz da ditadura'', bravejou nesta quarta-feira Fernando Henrique, durante comício no Vale do Anhangabaú, palco político da luta pelas Diretas Já, para garantir a escolha do presidente da República por voto direto. Durante o regime militar, Delfim foi ministro da Fazenda entre 1967 e 1974, ministro da Agricultura em 1979 e do Planejamento, no comando da economia, entre 1979 e 1985. Fernando Henrique, um dos principais alvos das críticas da campanha petista, atacou frontalmente Lula e suas alianças. ``Um presidente que eu cheguei a respeitar. O presidente Lula matou tudo que ele representava de bonito no momento em que ele se juntou com o que há de pior no Brasil.'' Fernando Henrique atacou os escândalos de corrupção que envolveram petistas e afirmou, rebatendo declarações do presidente de que não barrou CPIs que investigavaram seu governo, como fez o PSDB enquanto governou o país, que seu partido não ``joga sujeira para debaixo do tapete''. ``Agora se dão ao desplante de dizer que não jogam sujeira debaixo do tapete. Para mim, o senhor acabou, foi enterrado nos escândalos que começaram em seu governo'', atacou, exigindo ''coragem e hombridade'' de Lula para dizer quem encomendou um dossiê contra políticos tucanos e de onde veio o dinheiro que seria usado para pagá-lo. Lula vem repetindo esse argumento toda vez que é acusado de manipular as apurações da Polícia Federal no escândalo do dossiê. No último debate televisivo, ele voltou à tese, mas Alckmin perdeu a oportunidade de refutar as declarações do adversário. ``Meu Deus, o tapete dele é voador, está voando com as mentiras'', ironizou Fernando Henrique, para o delírio dos cinco mil militantes que compareceram ao evento político, segundo dados da Polícia Militar. Segundo a organização, que esperava 15 mil pessoas para a ``despedida'' da campanha, eram 10 mil os presentes ao evento. Criticado pelo PT e pelo próprio presidente de ser um representante das elites brasileiras, Fernando Henrique empolgou-se diante da platéia, acusou o ex-companheiro de luta pela democracia de agarrar-se às oligarquias do país. ``Não vem com essa conversa, não, nós somos é povo, nós somos é povão'', disse Fernando Henrique, expressando, acima de tudo, um desejo. O ex-presidente quer uma aproximação maior junto às bases populares para refundar o partido que lidera.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu