Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

FH compara Lula ao 'demônio' que tem que ser expulso


Flávio Freire - Agência O GloboSÃO PAULO - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso rebateu nesta segunda-feira à noite, no evento "Por um Brasil Decente", no Clube Espéria, em São Paulo, a imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, que no domingo se comparou a Cristo e disse que foi traído por companheiros do PT. Segundo FH, Lula não "é Cristo, mas o demônio e temos que expulsá-lo".Ao lado do candidato do PSDB a presidente, Geraldo Alckmin, e do candidato do partido a governador de São Paulo, José Serra, FH disse que o governo Lula "quando não tem mais o que roubar, rouba até aplausos do Kofi Annan na solenidade da Assembléia da ONU". FH se referia ao episódio em que o PT editou a passagem de Lula na assembléia geral da ONU na semana passada, editando como se fosse para ele os aplausos destinados a Kofi Annan, que preside a ONU.Já Alckmin disse que Lula não pode ser comparado a Cristo, mas a Judas e também não pode se comparar a Tiradentes, "porque aí ofende a nossa história"

Mais Sobre Política - Nacional

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

Previdência, nomeação de ministros e reajuste estão na agenda

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Futuro ministro afirma que haverá rigor contra crimes de ódio