Porto Velho (RO) domingo, 21 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Experiência para a vida, isso é Rondon


Samita Barbosa

A rotina de rondonista é naturalmente inusitada. A cada edição do Projeto Rondon, estudantes universitários enfrentam uma nova rotina; durante 15 dias encaram realidades diferentes e estão sujeitos às experiências excepcionais.

Em 2007, Túlio César ingressava na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) com o intuito de cursar ciências biológicas. Depois de dois anos no curso ele decidiu tentar o vestibular de novo, desta vez para o curso de enfermagem. Em 2009 o estudante já se matriculara no novo curso.

Hoje, em 2013, no último ano do curso de enfermagem, Túlio teve uma das experiências mais emocionantes na vida de um estudante. No fim do ano passado, ele se interessou em participar do Projeto Rondon, então, resolveu trazê-lo para o município de Coração de Maria na Bahia.

O projeto realizado foi um espetáculo teatral escrito por Túlio e mais dois amigos que conta a história do município que iriam visitar. Na noite de quarta-feira, depois de um dia comumente quente no território baiano, Túlio já havia encerrado seus ensaios e voltava para o alojamento que ficava no Colégio Municipal Manuel Novais.

Às seis horas da manhã do dia seguinte, quando a professora Lúcia Amourin – coordenadora que acompanhava a equipe de Túlio – escutou um grito, Túlio ainda dormia. A professora saiu do alojamento para verificar. Do outro lado da rua de pedras – que separava o colégio do Centro de Saúde Pedro Melo que ainda se encontrava fechado – estava Lucinéia da Anunciação, 24 anos, ela acabava de entrar em trabalho de parto.

A professora Lúcia voltou ao dormitório a acordou Túlio que, sem saber muito bem o que estava acontecendo, só se lembrou de vestir a camiseta do Rondon e pegar o chapéu. O centro de saúde não é equipado para realizar partos e o hospital de Coração de Maria estava em reforma, a unidade de saúde mais próxima seria a do Município de Irará que fica a 30 minutos de onde estavam.

Enquanto a professora buscava Túlio, o posto já estava aberto e Lucinéia em uma maca. A criança já havia nascido e ainda restava algo importante a fazer, cortar o cordão umbilical e retirar a placenta. O estudante não podia perder tempo, lavou as mãos, colocou luvas e, com a ajuda da técnica em enfermagem do centro de saúde Luci Nilsa, fizeram o procedimento.

Tudo ocorreu bem, apesar de a placenta ter demorado a sair. Do lado de fora do posto,a professora providenciara um carro para levar o bebê e a mãe para o hospital em Irará, município vizinho a Coração de Maria que também recebe o Projeto Rondon. No carro, quando Túlio se deu conta do tamanho da ação que havia realizado só ficou calado observando a mãe. O rondonista acompanhou Lucinéia no trajeto do posto de saúde até o hospital da outra cidade. Lucinéia e Ingrid, a bebê, já tiveram alta e passam bem.

Fonte: Olfato Comunicação

Mais Sobre Política - Nacional

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç

A solução no Brasil passa por amenizar o atual estágio de “é de direita sou contra” x “se for de esquerda estou contra”

A solução no Brasil passa por amenizar o atual estágio de “é de direita sou contra” x “se for de esquerda estou contra”

A sociedade brasileira vive um processo de antagonismo e radicalização política sem precedentes na história. O radicalismo é tão intenso que beira ao

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: "Proposta do relator sobre aposentadoria dos professores ainda não é justa", diz Jaqueline Cassol

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: "Proposta do relator sobre aposentadoria dos professores ainda não é justa", diz Jaqueline Cassol

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) criticou a proposta do relator da Reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), no que diz

O brasileiro e o contexto sociopolítico

O brasileiro e o contexto sociopolítico

O brasileiro é conhecido por sua alegria e seu jeito de lidar com as adversidades. Em muitos dos casos, as pessoas utilizam da resiliência e do aprend