Quarta-feira, 22 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Expectativas dos industriais sobre o futuro melhoram 8% em março, mostra FGV


Agência O Globo SÃO PAULO - Além de demonstrar maior contentamento com a situação presente, os industriais brasileiros estão mais otimistas também em relação ao futuro. Conforme dados da Sondagem da Indústria, divulgado hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Índice de Expectativas teve um aumento de 8% em março, perante igual mês de 2006, para o nível de 110,8 pontos. Na comparação com o levantamento de fevereiro a alta foi de 7,4%. "As previsões para os próximos meses foram favoráveis, mas não houve tanto avanço quanto na (avaliação) da situação atual". Chama atenção o item de avaliação sobre a situação dos negócios para os próximos seis meses, em que 58% dos empresários afirmaram que esperam melhora, enquanto 5% apontaram expectativa de piora no quadro futuro. Assim, o indicador subiu 14,2% em relação a março de 2006 e 4,8% perante fevereiro, para o patamar de 153 pontos, o mais alto desde janeiro de 2005 (157). Questionado sobre a influência do anúncio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) sobre esse resultado, Aloísio Campelo, coordenador de sondagens conjunturais do Ibre, afirmou que houve menção sobre o programa no levantamento, sobretudo em setores que serão afetados pelas medidas do pacote de investimentos. No que se refere às previsões do empresariado sobre a produção, 45% dos entrevistados responderam que esperam elevar a produção nos próximos três meses (incluindo março). Em contrapartida, outros 13% falam em redução, o que levou o indicador ao nível de 132 pontos, superior em 10,9% ao resultado de fevereiro e 1,5% acima da pesquisa de março do ano passado. Sobre as perspectivas de contratação de pessoal, 25% esperam empregar mais nos próximos três meses, enquanto 14% projetam redução de empregos. Nesse item, entretanto, pode haver influência sazonal, já que nessa época do ano é natural a melhora do quadro de emprego na indústria. O dado chegou ao nível de 111, com ganho de 8,8% na comparação anual e aumento de 6,7% em relação a fevereiro último. De qualquer modo, a melhora dessa expectativa é maior do que a verificada entre fevereiro e março de 2006, quando o aumento foi de 4,1%. (Bianca Ribeiro | Valor Online)

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 22 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quarta-feira, 22 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)