Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

ExcelAire culpa controladores, e diz que ações judiciais são prematuras


Agência O GloboBRASÍLIA - Em nota divulgada nesta terça-feira, a empresa americana ExcelAire, dona do Legacy que se chocou com o Boeing 737-800 da Gol no dia 29 de setembro, responsabiliza os controladores de vôo brasileiros pelo acidente. Na nota, a empresa expressa sua solidariedade com as famílias das 154 vítimas, mas afirma que é cedo para ações indenizatórias. Nesta terça, um grupo de dez parentes de vítimas entrou com ação na Justiça Federal americana contra a ExcelAire e a Honey Well, fabricante do transponder que equipava o jatinho. O equipamento emite sinais que permitem a identificação de uma aeronave por outra.Na nota, o advogado Robert Torricella diz que os processos judiciais "são prematuros, pois as investigações ainda estão em andamento, e não há uma conclusão oficial". Torricella afirma que, "face às novas confirmações de que a torre de controle autorizou o jato executivo da ExcelAire a voar até Manaus a 37.000 pés, as acusações de que os pilotos voavam na altitude errada não procedem". A ExcelAire diz ainda que, de acordo com as normas internacionais de aviação, as diretrizes passadas pela torre de controle se sobrepõem ao plano de vôo escrito."O que orienta a condução do vôo é o plano de vôo autorizado pela torre de controle no momento da decolagem", diz Torricella na nota.O advogado afirma que, "como o plano de vôo passado pela torre de controle no momento da decolagem ordenava que o Legacy voasse todo o percurso até Manaus a 37.000 pés, o correto é que a aeronave seguisse essas orientações. À medida que as conclusões da investigação forem apresentadas, estamos certos de que os pilotos da ExcelAire serão absolvidos".A ExcelAire afirma na nota que se prontificou desde o início a cooperar com as investigações em curso no Brasil, e lembra que os pilotos da companhia estão retidos no país há mais de cinco semanas porque "seus passaportes continuam apreendidos devido à paralisação das investigações".

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di